terça-feira, 14 de junho de 2016

Como vai assumir seleção se Tite pediu a cabeça do presidente da CBF em manifesto de dezembro de 2015?





Com a demissão de Dunga, após mais um fiasco da seleção brasileira de futebol, o nome que está na boca de todos para substituí-lo é o do técnico do Corinthians, Tite.

Tite já recusou o comando da seleção em pelo menos uma outra ocasião, mas agora deu declarações de amor a ela. Só que...

Em dezembro do ano passado, Tite foi um dos que assinaram um manifesto intitulado "Manifesto por uma nova CBF".

Assinado também por jornalistas e jogadores, pedia a cabeça do comando da CBF, citando nominalmente seu atual presidente, Marco Polo Del Nero, aquele que não pode viajar para o exterior (assim como Roberto Teixeira), pois a Interpol está louca para por as mãos e algemas etc nele.

Trecho do manifesto [o negrito do destaque é meu]:

A Confederação Brasileira de Futebol vive a maior crise de sua história.
 
Seus últimos três presidentes são réus em investigação policial internacional por fraude na CBF e na FIFA. José Maria Marin está preso desde maio, Ricardo Teixeira e Marco Polo Del Nero estão indiciados pela Justiça dos EUA desde o dia 3 de dezembro.
 
Compreendemos que a sucessão determinada por um estatuto viciado, que foi arquitetado e aperfeiçoado para a manutenção do poder nas mãos dessa mesma linhagem, é ilegítima e imoral.
 
Exigimos a renúncia definitiva de Marco Polo Del Nero e sua diretoria, seguida da convocação de eleições livres e democráticas para o comando da CBF, sem a atual cláusula de barreira, mecanismo que impede a aparição de posições independentes ao sistema vigente, pois exige oito assinaturas de federações e mais cinco de clubes para candidaturas. [Fonte: Folha]

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...