terça-feira, 20 de setembro de 2016

Lula virou réu e vai ser condenado sem provas, como Dirceu, Genoíno e Dilma


A reação tinha que ter sido tomada lá atrás, quando Gilmar Mendes chamou o então presidente Lula às falas no caso do grampo sem áudio e Lula não só aceitou a chamada como demitiu o diretor da Polícia Federal, sem provas.

Ou poderia ter vindo mais adiante , quando José Genoino foi enquadrado no mensalão apenas para completar número suficiente para o crime de formação de quadrilha. Sem provas.

Ou quando José Dirceu foi condenado também sem provas, o que ficou registrado no voto da ministra Rosa Weber: "Não tenho prova cabal contra Dirceu – mas vou condená-lo porque a literatura jurídica me permite”.

Ou agora, recentemente, quando a presidenta Dilma e seus mais de 54 milhões de votos foram impichados, sem crime de responsabilidade, sem provas.

Agora, o juiz Moro transformou o ex-presidente Lula em réu. Vai haver grita e todo o procedimento de defesa. E também muita lama diária nos jornais e na Globo. Mas o final vai ser o mesmo: Lula vai ser condenado, também sem provas.

O último passo vai ser cassar o registro do PT como partido. Mais uma  vez sem provas. Mas tudo dentro de uma aparência de perfeita legalidade , com muito republicanismo , como gostava de dizer o ex-ministro Cardozo.

No fim, isso tudo vai se transformar
Num tempo
Página infeliz da nossa história
Passagem desbotada na memória
Das nossas novas gerações...

Republicanamente.


Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Anônimo21.9.16

    Tenho Uma pergunta, nao vivo no Brasil, estudei o mendalao echeguei a conclusao, que foi tudo a maior armacao. Mas minha pergunta e com relacao a seu primeiro paragrafo,poderia voce explicar melhor? O que e que Lula, nao fez e deveria ter feito, que poderia ter evitado todo esse processo que nao tem fim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lula deveria ter imposto sua autoridade de presidente da República, mandado o ministro Gilmar dirigir-se a quem de direito para fazer as investigações do suposto grampo (que nunca foi provado e que muito provavelmente nunca houve, pois nunca foi apresentado o tal áudio) e não demitir o diretor da Polícia Federal, que fazia um excelente trabalho, apenas para alegrar o ministro.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...