segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Presidenta do STF, ministra Carmen Lúcia diz que não teve intenção pejorativa ao usar a palavra 'autista'. Qual foi a intenção, então?



Logo após sua posse como presidenta do Supremo Tribunal Federal, a ministra Carmen Lúcia, numa entrevista, disse, a respeito de seus pares no STF:

“Os ministros não são autistas, são todos cidadãos que querem a jurisdição prestada e prestada com rapidez”.

O comentário infeliz e preconceituoso pegou muito mal, ao contrapor autistas a cidadãos.

A ministra tentou desfazer o mal-estar provocado por sua declaração infeliz, emitindo uma nota sobre o assunto reproduzida na imagem desta postagem.

Assim como acontece com pessoas flagradas em racismo, que alegam ter amigo ou familiar negro como prova de que não seriam racistas, a ministra alega ter um parente autista.

Na nota, a ministra diz que não teve intenção de ofender ou desqualificar os autistas com a comparação.

Falta explicar então qual o sentido da comparação e como ele não seria ofensivo ou desqualificante.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...