sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Temer debocha dos desempregados no dia em que seu governo bate novo recorde de desemprego





Ontem, quando o IBGE divulgou que o número de desempregados no Brasil atingiu 11,8% da população no trimestre encerrado em setembro, o que dá um total de 12 milhões de desempregados, o presidente Fora Temer debochou dos que se encontram nessa situação e protestam contra seu governo.

"Neste auditório, ouvimos palavras de incentivo e aplausos entusiasmados. E eu verifico que, lá fora, aqueles que não puderam entrar, para comemorar esse grande ato do governo, com suas vuvuzelas também aplaudem este grande momento", disse.
O presidente ainda pediu para os empresários e presentes na solenidade que, ao saírem do Palácio do Planalto, ofereçam emprego aos manifestantes que estiverem desempregados.
"Quem sabe, quando os senhores saírem, convidam aqueles que estão lá fora. Se não têm emprego, quem sabe arruma emprego. Acho que é uma fórmula muito adequada".[Fonte: Folha]

"Aqueles que não puderam entrar" referidos por Temer eram trabalhadores e desempregados em protesto das centrais sindicais, que está sendo realizado desde o início da semana contra a flexibilização dos direitos trabalhistas na Praça dos Três Poderes, em frente ao Palácio.

Debochar, dizendo que as vuvuzelas de protesto contra seu governo são aplausos é um escárnio, um tapa na cara de cada um dos 12 milhões de desempregados.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...