RECENTES

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 27 de novembro de 2016

'Convicção' de Moro destruiu a vida de um inocente. Perdeu família, emprego, amigos, e foi inocentado por unanimidade




 A arrogância do juiz Moro e seus procuradores fanatizados tem uma vítima com nome e sem emprego e família, o ex-executivo da empreiteira OAS Mateus Coutinho de Sá, de 36 anos.

O justiceiro e sua tropa, que incluiu um policial federal condenado que faz prisões e um doleiro delator reincidente, condenou Mateus Coutinho de Sá por supostamente (o advérbio da moda) ter ajudado na distribuição de propina da Petrobras pela OAS.

Condenado por Moro por corrupção, lavagem de dinheiro e pertencer a uma organização criminosa, Coutinho foi absolvido na última quarta-feira (23) por unanimidade pelos desembargadores da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Os juízes do órgão de segunda instância consideraram que não havia provas de que ele havia cometido esses crimes.
Ao absolverem Coutinho, os desembargadores aplicaram uma rara derrota em Moro, responsável pela Operação Lava Jato. [Fonte: Folha]

A Folha conta o drama do executivo, que ficou preso nove meses na cadeia mesmo se dizendo inocente, e acabou perdendo emprego e família, graças às acusações da turma do Moro e à condenação a 11 anos de cadeia pelo justiceiro de Curitiba, derrubada por unanimidade.

Todos os que apoiam sem crítica a atuação do juiz e sua tropa de fundamentalistas direitosos (com duplo sentido, do direito e de direita) devem se colocar no locar de Mateus Coutinho de Sá ao menos uma vez.

Agora, provada a inocência dele, quem vai restituir os dias presos, o tempo perdido, o emprego perdido, a família perdida, a vida perdida?

Leia também:



Apoie o Blog


36 comentários:

  1. Arruinar completamente a vida de alguém é muito perigoso.

    ResponderExcluir
  2. Lamentável, mas so erra quem faz, assim vlmo a vida do executivo a vida de milhões de Brasileiros estao sendo ceifadas pela cupula , pela corja que se escondem atrás de situações cono esta, tentar atribuir ai Juiz Sérgio Moro, os prejuizos e perdas do executivo é no minimo inocencia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo28.11.16

      Ok seria muito bom voce ser preso inocentemente, perder o emprego, perder a familia e ficar desmoralizado. Gostaria de ver a sua reacäo.

      Excluir
    2. Você tem razão, só erra que faz, mas do mesmo jeito que todos, deveria ter que arcar com as consequências. Moro vai responder pelos seus erros?

      Excluir
    3. Anônimo28.11.16

      Escandalo do Banestado: mais de 120 BILHÕES enviados para o exterior de forma irregular. Moro anulou a sentença e absolveu todos mundo. Só erra quem faz, né velhinho trouxa ?

      Excluir
    4. ADILSON SANTOS28.11.16

      Só erra quem " Faz " ERRADO .. Quem faz CERTO , não erra ... E quem " faz " errado " é por que é incompetente ou no caso da Ratazana de Curitba , erra por " convicção " ou Dolo supremo .... Se para cada dia passado na cadeia por inocente , o Juiz que o condenou injustamente tivesse que levar 10 chicotadas com KNUT , esta Corja Togada e Superfatura para com meu dinheiro de impostos teria mais cuidado ... Fariam mais e ERRARIAM MENOS !!!

      Excluir
    5. É muito fácil dizer quem faz pode cometer erros, pimenta nos olhos do outros é refresco sinta isto em vossas peles que tenho certeza que sua opinião mudará radicalmente

      Excluir
    6. SÓ ERRA QUEM FAZ então Dilma deveria ser inocentada?

      Excluir
    7. Anônimo28.11.16

      Falar em provas quando se paga propina em espécie, fica praticamente impossível provar .

      Excluir
    8. Queria saber se você fosse preso, colocasse o famoso anel de barbante, casasse com o chefe da cela e fosse amante dos demais "amigos do chefe", permaneceria com essa opinião infeliz. Sim ou não?

      Excluir
    9. O Juiz Sergio Moro já demonstrou seu caráter e sua intenção, quando vazou, premeditadamente, informações sigilosas sobre escutas telefonicas que eram segredo de Justiça. Só esse fato já derruba todas as esperanças que tinha nele, mostrou ser um office boy de luxo da Globo, da Veja e do Tucanato...me decepcionou..

      Excluir
  3. Anônimo28.11.16

    Cobra do bandido da capa preta Sergio Moro

    ResponderExcluir
  4. Bem se fosse EU aplicaria um processo em toda a QUADRILHA de justiceiros de Curitiba e se isso não resolvesse só me restaria um ATENTADO A BALA mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CONCORDO é o q esta precisando no Brasil matar bastantes politicos safado ladrão corrupto igual policia mata muitos inocentes seria uma boa limpeza....povo frouxo esses brasileiros s´s cadeia não resolve certo é mandar prosquintosdoinferno.

      Excluir
  5. Estupidês achar que está tudo bem acabar com a vida de um homem!
    Coisa de SENÍS!

    ResponderExcluir
  6. Senilidade mesmo defender arbitrariedades. Coloca-se, Senhor da Terceira Idade, no lugar da vítima do JJusticeiro-mor de Curitiba.

    ResponderExcluir
  7. HÁ brasileiros que precisam se ferrar mesmo... Leia a quantidade de processos em que inocentes ficam na cadeia por anos e mais anos mesmo sendo inocentes, leia sobre os muuuuitos que estão presos por terem roubado pra comer, ou pra dar de comer a um filho, pq ficaram sem emprego pq um bando de ladrão assolam o pais de norte a sul, seus juízes tb não sofreram nada por isso, agora.... O coitadinho, empresário que foi condenado injustamente quer reparação pq perdeu a família que não conseguiu suportar nove meses presos???? Que família heinnnn.... Sentiu na pele, queria mesmo é que todos esses que roubam o país tivessem a mesmo sorte de quem rouba um pão!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo1.12.16

      Perdeu a família pq a família só estava interessada no dinheito e vida boa que ele lhes davam, no momento da crise pularam fora do barco .. kkkk

      Excluir
  8. Anônimo28.11.16

    Ninguém perde o que nunca teve!!
    Escolher mal as coisas da nisto, Nao tinha mulher a empresa era uma merda
    Tem um ditado
    Me digas com quem anda e te direi quem é!

    ResponderExcluir
  9. HÁ brasileiros que precisam se ferrar mesmo... Leia a quantidade de processos em que inocentes ficam na cadeia por anos e mais anos mesmo sendo inocentes, leia sobre os muuuuitos que estão presos por terem roubado pra comer, ou pra dar de comer a um filho, pq ficaram sem emprego pq um bando de ladrão assolam o pais de norte a sul, seus juízes tb não sofreram nada por isso, agora.... O coitadinho, empresário que foi condenado injustamente quer reparação pq perdeu a família que não conseguiu suportar nove meses presos???? Que família heinnnn.... Sentiu na pele, queria mesmo é que todos esses que roubam o país tivessem a mesmo sorte de quem rouba um pão!!!!

    ResponderExcluir
  10. O Estado deve ser processado. Se perdeu a família, no sentido de te-lo abandonado em virtude de ter sinopses, então não perdeu, ganhou, não precisando estar ao lado de pessoas que não o mereciam.

    ResponderExcluir
  11. Qual a parte de que po cara foi absolvido por UNANIMIDADE por não haverem provas conclusivas, que alguns aqui não entenderam?

    ResponderExcluir
  12. concordo com a opera;ao lava jato, discordo a meneira que eata sendoconduzida.nao apoio politico nem partido. se estao envolvidos tem que pagar ou seja todos os bens dos envolvidos confiscados, claro quando comprovado os envolvimentos. agora quem realmente ta pagando somos nois com o fechamento das obras ficamos desempregados,ora se um gestor errou roubou confisquem os bens dele e o substitua a empresa em si nao e culpadada como tambem os empregados e sim o mal gestor.eles roubaram centenas bilhoes a lava jato ja deu um prejuizo acima de alguns trilhoes dizem que dezenas de trilhoes,e ate agora confiscado 2 bilhoe. e so ver quem perdeu.sem sombras de duvidas foi o povao.os politicos juizes empresarios nao sentiram a crise, agora o povao ta numa pindaiba

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certamente, errou paga. Há, no entanto, dois pesos e duas medidas. Não foi o que fizeram com Dilma, contra quem não há acusação de roubo, contrário dos que agora aí estão, é ministro mais ministro caindo por corrupção. Quanto ao Moro, lamento muito, mas é um juiz PARCIAL, pois não investigou nada que diga respeito ao PSDB. Que dizer então de Gilmar Mendes? Nojo.

      Excluir
  13. Anônimo28.11.16

    Sinceramente Moro é o cara e estas notícias são esquerdistas inconformados petralhas.Ele tem o direito de errar,mas está na direção correta.E 99 Por cento dos brasileiros o apoiam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só imbecis apoiam um justiceirozinho de merda que condena "emprenhando pelos ouvidos", para quem provas são desnecessárias.

      Excluir
    2. Cuidado, para que não errem contigo. Aí quero ver vc achar que é aceitável.

      Excluir
    3. Se errar comigo!!! Saio rindo e com uma boa idenização. Analfabetos jurídicos!!!!

      Excluir
  14. Todos cometem erros. Apoio o justiceiro de Curitiba, e se um "inocente" sofreu. Toda guerra tem seu preço. Inocentes Sofrem em uma guerra. Esse foi preso injustamente. E quantos pais de família perderam as mesmas, por falta de empregos. 15 mil só na comperj.fora os estaleiros no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul Pernambuco. Vai contando aí. Se esse executivo pagou errôniamente, foi o presso pela guerra contra a corrupção deslavada nesse país.

    ResponderExcluir
  15. O juiz Sérgio Moro cometeu um equívoco!!! Oh, meu Deus! Forca nele!!!
    Ah, parem de tanta tolice! É para isso que existe segunda e demais instâncias, não é? Aliás, não custa lembrar que a 2ª instância acata nada menos que 96% das decisões do Moro de forma irretocável! Ele ter se equivocado apenas atesta que ele também é humano. Mas, graças a Deus, ele acerta muito, muito mais e está no caminho certo! Ficar contra um homem da lei, te coloca, automaticamente, ao lado dos homens fora da lei.
    Força, Juiz Sérgio Moro! Não recue! O Brasil decente te apoia!

    ResponderExcluir
  16. Primeiro esclarecimento: Perdeu a "familia"? Porquê?? Segundo: Falta de provas nunca foi sinônimo de inocência! Terceiro: Que se julgue o Juiz Moro pelo conjunto de seu trabalho de responsabilizar um numero de corruptos nunca visto na história deste pais. O resto, é pura e deslavada canalhice!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo30.11.16

      Perfeito, Unknown. Concordo com você. Olha o cara aqui embaixo, esse tal de Tomas: agora foi Moro quem destituiu o governo dilma "instalou" o de Temer. Tem como levar essa gente a sério?

      Excluir
  17. Moro está escalado para atacar a soberania nacional. Tirar um governo nacionalista e instalar um entreguista. Desmantelar as grandes empresas e entregar nossos recursos. Um bandido de alto escalão. Uma prostituta de luxo (que me perdoem as p...).

    ResponderExcluir
  18. Tenho muitas duvidas dessa absolvição, conhecendo o nosso Judiciário, e quantos Milhões Moro já devolveu por Ex. a Petrobras. Esse ai não era tão Inocentinho. ele era no minimo Pau Mandado da OAS.

    ResponderExcluir
  19. Anônimo2.12.16

    Nem sempre quem é "absolvido por falta de provas" é inocente! Na grande maioria das vezes é alguém com um bom advogado e muito dinheiro. Nesse rol temos expoentes da direita (Maluf) e da esquerda (Lula) com indícios sérios de envolvimento em corrupção (Maluf procurado pela Interpol) e "inocentados"...

    ResponderExcluir

ENFRENTANDO O GOLPE 

Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Contando com seu apoio, vou oferecer um livro meu grátis, A Fome e o Medo, a todos os que assinarem o Blog do Mello.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7

Para receber o livro, basta enviar um e-mail dizendo que fez a doação ou a assinatura. Não precisa enviar comprovante. Sua palavra basta.
Antecipadamente, agradeço.