terça-feira, 29 de novembro de 2016

Modelo do avião da tragédia da Chapecoense já sofreu sete acidentes, três deles semelhantes ao de agora





Foram fabricados 400 BAE/Avro ( apenas 200 ainda estão em atividade), modelo do avião que levava a equipe da Chapecoense para disputar a final da Copa Sul-americana de futebol na Colômbia e caiu nesta madrugada, perto do aeroporto, matando 71 pessoas que estavam a bordo e deixando apenas seis sobreviventes, entre eles três jogadores da Chapecoense.

Não é o primeiro acidente com vítimas envolvendo esse tipo de aeronave. Já foram registrados sete no total, sendo que três muito semelhantes ao ocorrido na noite passada, a pouca distância do aeroporto de destino (veja aqui: Vídeo mostra a distância que avião da Chapecoense estava do aeroporto na hora do acidente: 17km. 5 minutos). Coincidência?

  • 25 de setembro de 1998: Paun Air BAE 146-100; perto de Meilla, na Espanha - aeronave estava perto do aeroporto de Melilla e caiu em uma área montanhosa a 12 quilômetros do aeroporto. Quatro tripulantes e 34 passageiros.
  • 24 de novembro de 2001: Crossair Avro RJ100 - perto de Zurique, Suíça - Aeronave estava em voo de Berlim, na Alemanha, para Zurique, e caiu em uma área arborizada a cerca de três quilômetros da pista durante aproximação noturna ao aeroporto. Três dos cinco tripulantes e 21 dos 28 passageiros morreram
  • 8 de janeiro de 2003: Turkish Airlines Avro RJ100 - Voo 634 - Diyabakir, Turquia: Aeronave tinha saído de Istambul e caiu pouco antes de chegar em Diyarbakir, cidade perto da fronteira da Turquia com o Iraque. Quatro dos cinco membros e 71 dos 75 passageiros  foram mortos no acidente. [ Fonte: Estadão]

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...