quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Sobrevivente do acidente da Chapecoense diz que houve pânico a bordo e que só sobreviveu por seguir os protocolos





Erwin Tumiri, chefe técnico no voo, um dos seis sobreviventes do trágico acidente que matou 71 pessoas na noite de ontem na Colômbia, disse que as pessoas entraram em pânico quando perceberam problemas no avião.

Uma outra sobrevivente, a comissária Ximena Suárez, afirmou que as luzes do avião começaram a piscar e de repente se apagaram.

"Diante da situação, muitos se levantaram e começaram a gritar. Pus a maleta entre minhas pernas para formar a posição fetal que se recomenda em acidentes", disse Tumiri.


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.