sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Aécio faz escola. Nos EUA, derrotados tentam golpe no tapetão para anular vitória de Trump



O mimimi de derrotados em eleições agora saiu do Brasil para os Estados Unidos.

Inconformados com a derrota para o topetudo milionário, democratas estadunidenses apelam para a Geni de sempre, os comunistas (ainda que a Rússia não seja mais comunista), para tentar melar a eleição presidencial e dar vitória à derrotada Hillary Clinton.

Nada que a gente já não conheça aqui no Brasil, quando Aécio e seu partido, inconformados com a derrota para Dilma, boicotaram o país até conseguirem o impeachment da presidenta eleita por 54,5 milhões de brasileiros, levando junto o Brasil para o buraco.

O presidente Obama tenta aplicar o mesmo golpe nos Estados Unidos alegando um suposto ataque de hackers  russos que teriam influenciado diretamente no resultado das eleições por lá.

Só que Trump, do Partido Republicano, não parece querer agir do mesmo modo "republicano" com que o governo da presidenta Dilma aceitou o golpe, e parte para o ataque:

Trump voltou a insinuar nesta quinta-feira que a Casa Branca tem intenções partidárias ao responsabilizar a Rússia pelos ataques de hackers contra sua adversária nas eleições, a democrata Hillary Clinton.

"Se a Rússia ou outra entidade realizavam ataques informáticos, por que a Casa Branca esperou tanto tempo para reagir? Porque acabaram de se queixar após a derrota de Hillary Clinton", escreveu em uma rede social. [ Fonte: Folha]



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...