segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Por que Moro até hoje não mandou prender a mulher de Cunha? Porque se fizer isso Cunha abre o bico e a casa cai


É a única explicação possível. Moro se comporta mais como xerife do Velho Oeste do que como um juiz. Prende antes e investiga depois. Mesmo não sendo funções de um juiz.

Prendeu a cunhada de Pallocci, que não tinha nada a ver com a história. Prendeu José Dirceu porque havia uma gravação com as iniciais JD . Mas elas se referiam a outra pessoa e não a José Dirceu. Mesmo assim José Dirceu entrou em cana. Por que não a mulher de Cunha?

A resposta só pode ser uma: medo. Medo de que Cunha com a mulher presa perca o controle, abra o bico e denuncie todo o esquema de corrupção. Que ele já disse que começou lá atrás, quando Fernando Henrique Cardoso mudou as regras de licitação da Petrobras.

Moro já protegeu Temer, quando censurou 21 das perguntas feitas por Cunha a ele. Duas delas apontavam o caminho da corrupção do ainda presidente: a delação de Cláudio Melo e os milhões entregues no escritório do amigo de Temer, o advogado Yunes — que pediu demissão e saiu do noticiário.

Protege Temer novamente, quando não leva para Curitiba a esposa de Cunha, Cláudia.

Porque o objetivo de Moro nunca foi combater a corrupção, e isso vem desde a época do Banestado, em que ele era o juiz como agora e não deu em nada. Um escândalo de bilhões em corrupção… Mas, como era do governo Fernando Henrique Cardoso…

A valentia de Moro só vai até a página dois, quando acabam as acusações ao PT e começam as ao PSDB.



Apoie o Blog


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...