sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Ministro do STF propõe cortador de maconha e guardião dos segredos de Marcela Temer para vaga de Teori Zavascki



O ministro do STF Marco Aurélio Mello não se fez de rogado e declarou sua preferência para a vaga do ministro Teori Zavascki, que morreu ontem, dia 19, em um acidente de avião em Paraty, RJ.

A preferência de Marco Aurélio é pelo ministro da Justiça Alexandre de Moraes, aquele que foi flagrado com um facão derrubando pés de maconha e que também é o responsável pela prisão do hacker que havia roubado segredos do celular da primeira-dama Marcela Temer.

Conhecido por sua truculência, quando secretário de segurança de São Paulo, e por seu amor às luzes das reportagens, Moraes disputaria espaço no STF com o midiático Gilmar Mendes, que recentemente andou dando umas botinadas em Marco Aurélio.

"O ministro da Justiça, que foi do Ministério Público, é professor, constitucionalista, foi secretário de Segurança Pública do prefeito (Gilberto) Kassab, secretário de Justiça e Segurança Pública do governo (Geraldo) Alckmin, e aceitou o sacrifício de ir para Brasília trabalhar no Ministério da Justiça", disse.
A atribuição de indicar o novo ministro do Supremo é do presidente da República, Michel Temer. Marco Aurélio Mello, no entanto, disse que o indicaria. "Se a caneta fosse minha." [Fonte: Estadão]

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Neli Faria21.1.17

    Pelo menos o Ministro Alexandre de Moraes conhece o direito, passou num concurso dificílimo apenas em primeiro lugar(Ministério Público do Estado de SP),professor da Faculdade de Direito da USP(por concurso público), do Mackenzie . Triste foi um Ministro nomeado por um dos dois do PT que prestou duas ou três vezes concurso para a magistratura do Estado de São Paulo e não passou nem para a segunda fase. Alexandre de Moraes seria um bom nome.

    ResponderExcluir
  2. Abstraindo méritos ou não do nome em questão, será o fato de ter passado em concurso boa recomendação? Os compromissos com a justiça, a democracia e a população não são importantes? É a nossa tradição bacharelesca desde o Império. É doutor, está com tudo.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...