quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

O que você tem em comum com Mick Jagger, pergunta a revista Exame. Vai trabalhar até depois dos 70, responde


O dinheiro opera milagres. A injeção de grana do golpista Temer nos órgãos da mídia corporativa está fazendo com que o fato do trabalhador perder direitos e ter que trabalhar até depois dos 70 anos para sobreviver seja considerado uma dádiva, que o coloca em pé de igualdade com o superstar Mick Jagger, dos Rolling Stones.

Além do fato de ambos serem humanos, o que têm a ver o multimilionário Mick Jagger e um trabalhador braçal, piloto de britadeira, um carregador de tijolos, uma empregada doméstica, um motorista de ônibus?

A chamada deles para a edição da revista no Facebook é simplesmente esta:

 Trabalhar para sempre. E sem drama.
Cada vez mais aposentados estão descobrindo que não é preciso viver na praia para ser feliz depois dos 65.
Saiba como chegar lá. Leia nesta edição de Exame ;)

Esse é o nível do chamado jornalismo brasileiro. Ainda há quem defenda essa corja. "Eles estão apenas trabalhando".

Essa desculpa, meus caros, é a mesma dos nazistas em Nuremberg . Eles também estavam apenas trabalhando, cumprindo com seu dever, fazendo o que lhes mandavam.

Nojo.

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Anônimo13.1.17

    Trata-se de um "non sense"!
    O trabalho de Jagger e do trabalhador brasileiro são tão díspares, que não comportam comparação.
    E há que se observar, que Micke Jagger nasceu num País milenar, com mais de 4.000 anos de história. Contudo, a Austrália e os EE.UU. têm um tempo de história muito próximo do tempo de nossa história País.No entanto,.....

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...