domingo, 19 de março de 2017

Equador: Lenin, candidato da esquerda e do presidente Corrêa larga na frente em pesquisa para o segundo turno



Pesquisa do Instituto Diagnóstico, realizada entre os dias 13 e 15 de março, dá vitória por boa margem ao candidato da esquerda e do presidente Rafael Corrêa, Lenín Moreno, sobre seu adversário, o banqueiro de direita Guiillermo Lasso - 50,61% a 35,53%. A pesquisa realizou 3349 entrevistas, tem grau de confiança de 95% e margem de erro de +/- 2,2%.

É uma excelente notícia para começarmos a semana (somada, é claro, à magnífica inauguração popular da transposição do São Francisco hoje, com a presença de Lula e Dilma. Mas isso é tema para outra postagem).

A disputa pelo segundo turno no Equador está sendo considerada a Batalha de Stalingrado da luta pela democracia na América Latina. Foi com a derrota de Hitler na cidade soviética que o nazismo começou sua derrocada. A vitória de Lenín Moreno é encarada dessa forma, como a primeira reação das forças democráticas ao reacionarismo que tomou conta da América Latina nos últimnos tempos, inclusive na Argentina e no nosso Brasil, com o golpe.

Lenín Moreno reiterou que o objetivo do governo é "trabalhar para os pobres" e sustentar os ganhos que foram alcançados na última década sob o governo Rafael Corrêa, como o acesso a cuidados de saúde gratuitos, educação de qualidade e melhores condições de vida para as pessoas com deficiência  [Lenín é cadeirante].

A eleição em segundo turno no Equador será no dia 2 de abril.

Fonte: TeleSur 

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...