sábado, 13 de maio de 2017

Sem apoio à mídia alternativa, vai restar apenas a fábrica de coxinhas da mídia corporativa para distribuir notícias. Aí...



Como você pensa que nascem os coxinhas? Eles surgem, crescem, engordam consumindo notícias da mídia corporativa.

A culpa não é só deles. Antigamente só havia a mídia corporativa para a gente se "informar". E uma ou outra comunicação alternativa, independente, com tiragem muito pequena, em nichos. Só com muita vontade, curiosidade e interesse a pessoa conseguia fugir da comunicação de massa (de coxinha).

Mas, com a internet, a comunicação se espraiou, surgiram os primeiros blogs com informação alternativa, ao alcance de um clique. Eles cresceram, vieram as redes sociais e hoje a mídia corporativa sua dobrado para impor sua agenda ao Brasil. Ainda consegue, mas é cada vez mais difícil.

No entanto, existem dois tubarões gigantes cercando tudo, com ambições de monopolizarem as fontes de notícias do mundo: Google e Facebook. O Google nas pesquisas. O Facebook na plataforma de comunicação. São tão poderosos que estão devorando inclusive a mídia corporativa. Como são ideologicamente afinados, eles se entendem.

Facebook está enriquecendo o Zuckerberg, mas pode acabar com a informação alternativa — se você deixar

Só que as fatias de propaganda estão cada vez menores para a mídia corporativa, devoradas pelos tubarões. Como não tem como competir com eles, resta à mídia corporativa impedir que as verbas sejam distribuídas aos blogs e sites alternativos. Prova disso foi que uma das primeiras medidas do governo golpista de Temer foi cortar as verbas da mídia alternativa.

Portanto, para que a mídia alternativa sobreviva, ela precisa do apoio de quem a consome e não quer ficar apenas recebendo notícias dos tubarões e da fábrica de coxinhas da mídia corporativa.

Faça sua parte. Divulgue os blogs e sites de comunicação alternativa. E contribua com sua manutenção.


Gostou? Considere assinar o Blog do Mello agora


Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...