quarta-feira, 7 de junho de 2017

Brasileiro cordial? Metade das mortes de jovens no país tem como causa assassinato



O Atlas da Violência 2017, um relatório do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, se baseia no Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, e analisou a questão da violência no País.

Os dados derrubam o tão propalado mito do Brasil cordial. Somos um país violento e essa violência está especialmente direcionada aos jovens:



  • Assassinato é a causa da morte de 47,8% dos jovens de 15 a 29 anos no Brasil. Entre 15 e 19 anos, aumenta para 53,8%.
  • A taxa de homicídios por 100 mil pessoas nessa faixa etária (15-29) cresceu 17,2% entre 2005 e 2015.
  • Em 2015, aconteceram 31.264 homicídios de jovens no Brasil.
  • Entre 2005 e 2015, nada menos do que 318 mil jovens foram assassinados.
  • A análise do Ipea confirmou os números levantados pelo Fórum Brasileiro de Segurança quanto ao número total de homicídios no País em 2015: 59.080 - uma leve queda ante os 60.474 registrados em 2014, mas com 2 mil casos a mais ante 2013. Uma média estimada do que se mata no País em três semanas chega a ser mais elevada do que todos os ataques terroristas somados no mundo nos primeiros cinco meses de 2017, que deixaram 3.349 vítimas. O cenário é classificado pelos especialistas como uma "tragédia diária de contornos inimagináveis".  [Fonte: Estadão]


Seja um assinante do Blog do Mello. É seguro, rápido e fácil
Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...