quinta-feira, 29 de junho de 2017

Liberdade de Aécio põe em risco a vida dos que o denunciam, de investigadores e adversários políticos, diz deputado




Desde 2003, o deputado do PT de Minas Rogério Correia denuncia os desmandos de Aécio Neves. O deputado está preocupado com a manutenção da liberdade do senador afastado:

“Aécio articula conchavos para salvar a si e ao Temer, chantageia parlamentares para não ser cassado, ameaça adversários em telefonemas, manda recados ameaçadores via imprensa, se reúne com aliados para traçar estratégias , comemora soltura da irmã e primo que estavam prestes a fazer delação e debocha da sociedade”, revela Rogério Correia. 
“Agora, se o STF não solicitar a prisão de Aécio por obstrução à justiça, todos nós que o denunciam estaremos correndo risco de vida”, previne. [Fonte: Viomundo]




Quem é mineiro e, principalmente, jornalista mineiro conhece bem Aécio: autoritário, mandava demitir qualquer um que o criticasse quando de seus governos em Minas.

O jornalista Carone ficou preso durante as eleições de 2014 para que não contasse ao Brasil o que sabia de Aécio e o que foram seus governos em Minas.

Há o caso estranho de uma modelo morta, frequentadora das rodas tucanas em Minas. Há também o caso de uma ossada humana encontrada numa fazenda da família de Aécio. Seu primo ligado a traficantes. O estranhíssimo suicídio do policial Arcanjo que o denunciava como viciado e traficante. E há também o áudio entregue pelo dono da JBS/Friboi Joesley Batista em que Aécio define o perfil certo do homem que iria buscar sua propina de R$ 2 milhões com o empresário:

'Tem que ser um que a gente mata ele antes de fazer delação'


Portanto, mantê-lo solto causa prejuízo não apenas às investigações, mas também põe em risco todos aqueles que o denunciam. Aécio é um daqueles casos em que o passado condena.


Ajude o Mello a tocar o blog. Faça uma assinatura. É seguro, rápido e fácil
Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...