segunda-feira, 5 de junho de 2017

Moro 'não sabia' da corrupção de Aécio denunciada por Youssef, quando fez festa com Aécio na IstoÉ?



Moro e o doleiro Alberto Youssef têm mais coisa em comum além de serem conterrâneos: Youssef foi o principal delator dos casos Banestado (o escândalo de meio trilhão de reais, que esteve sob responsabilidade do juiz Moro, envolvendo principalmente tucanos, e que não deu em nada) e Lava Jato. Logo, o juiz Moro põe fé nas palavras do doleiro.

Um ano antes daquela festa da IstoÉ em que o juiz Moro apareceu confraternizando alegremente com o senador (afastado) derrotado Aécio Neves, o doleiro Roussef denunciou Aécio em juízo como recebedor de propina, dinheiro de corrupção de Furnas, durante o governo FHC. O fato teve grande repercussão no país e foi veiculado não apenas na internet, mas em telejornais, como o reproduzido aqui, do SBT.







É certo que o juiz Moro não poderia mandar prendê-lo, pois o Mineirinho da Odebrecht ainda gozava de foro privilegiado e Moro é apenas um juiz de primeira instância, mas precisava confraternizar daquele jeito com um corrupto denunciado pelo seu doleiro predileto?

Ou Moro "não sabia"?

Falta explicar.


Seja um assinante do Blog do Mello. É rápido e fácil


Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...