quinta-feira, 1 de junho de 2017

Tamanho do roubo: Juíza bloqueia R$ 9,3 bilhões de Sergio Cabral, dois de seus ex-secretários e empresas



Hoje foi preso mais um empresário da farra da "gangue dos guardanapos", como ficou conhecido o grupo que fez uma farra em Paris com o dinheiro desviado do povo do Rio de Janeiro. Marco Antônio de Luca é o chefe de cartel de alimentos que lucrou cerca de R$ 8 bilhões nos governos Cabral e Pezão. Tudo sem licitação, com Cabral levando a parte dele.

Uma parte tão gorda que a juíza Priscila da Ponte, da 6ª Vara de Fazenda Pública da Capital, determinou hoje o bloqueio de um total de RS 9,3 bilhões, sendo até R$ 3,1 bilhões dos bens de Cabral, do ex-secretário de Transportes e deputado federal Júlio Lopes e do ex-subsecretário de Turismo Luiz Carlos Velloso.




A decisão foi tomada com base nas investigações sobre fraudes no consórcio de implantação da Linha 4 do metrô. Também foram tornados indisponíveis os bens de 13 integrantes da Riotrilhos e da Agência Reguladora de Transportes (Agetransp). Os valores também chegam a R$ 3,1 bilhões. A juíza decretou ainda o bloqueio de 2% da receita mensal líquida das empresas Queiroz Galvão, Odebrecht Participações e Investimentos, Concessionária Rio-Barra, ZI-Participações e ZI-Gordo até o teto de R$ 3,1 bilhões. [Fonte: O Globo]


Seja um assinante do Blog do Mello. É rápido e fácil


Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...