sábado, 1 de julho de 2017

Joesley internado desde terça no Albert Einstein. Será que é daqueles que 'a gente mata ele antes de fazer delação'?



O falante Joesley Batista, dono da JBS/Friboi, que delatou Aécio, Temer e mais quase dois mil políticos que teriam recebido grana do grupo, foi internado às pressas na noite de terça-feira no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Segundo o G1, das Organizações Globo, "a assessoria do Grupo JBS disse que o empresário deu entrada na noite de terça (27) com dores no nervo ciático. Ainda de acordo com a assessoria, não havia previsão de alta".




Fato é que, "coincidentemente", o irmão e sócio Wesley Batista chegou dos Estados Unidos já na quarta pela manhã e Joesley segue internado até hoje sem que tenha sido emitido qualquer comunicado pelo hospital, porque, segundo eles, "Joesley solicitou privacidade".

Pode ser apenas mais uma coincidência, como aquela que faz Gilmar Mendes ser sorteado quase sempre para relatar processos de tucanos ou contra Lula.

Mas pode não ser.

Será que, no leito frio do hospital, Joesley se lembrou da frase que Aécio lhe disse, quando negociavam quem pegaria o dinheiro da propina ("Tem que ser um que a gente mata ele antes de fazer delação")?


Ajude o Mello a tocar o blog. Faça uma assinatura. É seguro, rápido e fácil
Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...