segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Enquanto golpe jurídico-midiático garantir ganhos do mercado, Globo e militares vão aguardar na fila para novo golpe




Mal o general Mourão fez sua ameaça de golpe em palestra fechada, mas que foi amplamente divulgada e repercutida, a Rede Globo ficou toda assanhada com a possibilidade de voltar a andar de braços dados com ditadores de plantão, como nos tempos de Roberto Marinho e João Figueiredo.

A Globo, que naquele tempo podia tudo, ainda pode muito, mas não como naquela época. Tanto que vem tentando derrubar Temer desde a delação do Joesley da JBS/Friboi e até hoje não conseguiu.

E vai continuar na fila, assim como os militares golpistas e os golpistas defensores de golpe militar. Porque os chefes do golpe estão satisfeitos com o governo - na contramão do povo, que o reprova com 95%.

Os Estados Unidos conseguiram o que queriam (o petróleo do pré-sal) e estão para curtir a black friday Brasil, em que tudo vai ser aberto às privatizações, nossas terras, nossas minas, nossa água, nossa energia.

O empresariado (mais rentistas que empresários) e ruralistas também estão que é só amor com Temer, segundo a Folha:

Assim que assumiu, em 12 de maio de 2016, Temer recebeu uma pauta de reivindicações de representantes do empresariado e dos ruralistas, dois segmentos que apoiaram o impeachment de Dilma Rousseff (PT).
A CNI (Confederação Nacional da Indústria) enviou um documento com 36 "propostas para o Brasil sair da crise". Pelo monitoramento da entidade, 29 avançaram. Já os ruralistas encaminharam 17 pontos prioritários, dos quais 13 foram atendidos.
"O governo correspondeu plenamente às nossas expectativas. Foram ações de coragem, de um governo que não está pensando nas eleições do ano que vem. Acho que ele ousou em muita coisa", afirma o deputado federal Marcos Montes (PSD-MG), presidente da Frente Parlamentar do Agronegócio.
"Não há dúvida de que [o governo] tem tido maior capacidade de condução", disse o diretor de Política e Estratégia da CNI, José Augusto Fernandes. 

Portanto, enquanto Temer estiver entregando o prometido, militares e Rede Globo têm que aguardar na fila, o golpe de Temer e quadrilha segue, porque ainda tem reprovação para aumentar, até chegar aos 99%, pois não passa de 1% quem vai lucrar, e já está lucrando, neste Brasil sob golpe.


Ajude o Mello a tocar o blog. Faça uma assinatura. É seguro, rápido e fácil
Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...