sábado, 20 de janeiro de 2018

De bicicleta, a até 65 graus abaixo de zero, francês atravessa 3200 km no inverno russo

Termômetro marca 65 abaixo de zero

Tem louco pra tudo. O francês Yves Chaloin de Maurienne, de 61 anos, havia atravessado a Rússia de ponta a ponta de bicicleta em 2012. Mas no verão.

Gostou e resolveu repetir a aventura. Só que agora no inverno. Em 1 de dezembro de 2017, ele começou pedalando na gélida Yakutska e pretende seguir assim por mais 3200 km até o outro lado da Rússia, atravessando toda a Sibéria, com as mais baixas temperaturas do mundo - como esses 65° negativos na República de Sajá, Sibéria Oriental, registrados na imagem acima.


 
Leia mais sobre a aventura de Yves no Sputnik e em sua página no Facebook.


Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário