sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Trabalhadores alemães conquistam aumento salarial e redução da jornada para 28 horas. É a indústria 4.0. No Brasil, é a escravidão reloaded

Balão com destaque para as 28 horas


Tempo estimado de leitura: 70 segundos

Metalúrgicos alemães obtiveram uma vitória histórica, após paralisações pontuais e intensas negociações com Porsche, BMW, Airbus e Daimler: aumento salarial de 4,3% e a redução da jornada semanal de 35 para 28 horas.

No passado recente, quando da grande crise, trabalhadores tiveram redução de jornada e de salários. Agora, com a automação e a retomada da economia, o sindicato conseguiu virar o jogo.

Segundo o brasileiro Valter Sanches, secretário-geral da IndustriALL, entidade mundial dos trabalhadores do ramo industrial, "a produtividade conquistada com tecnologia precisa ser partilhada com a sociedade".

“No passado, as empresas demandaram flexibilidade para os trabalhadores, sem outro caminho. E isso foi ativado. Dar aos trabalhadores o direito de encurtar as horas de trabalho e poder determinar o próprio balanço entre vida privada e trabalho é uma excelente resposta para a indústria 4.0”

"Novas tecnologias significam que a produtividade continua a subir. O direito a trabalhar menos horas, enquanto se mantém o mesmo salário, é uma resposta essencial. A produtividade conquistada com a indústria 4.0 precisa ser partilhada com a sociedade e os trabalhadores", diz o metalúrgico, funcionário da Mercedes. "Reduzir a jornada é um caminho para evitar a concentração de renda no bolso de poucos", afirma ainda Sanches. "O aumento salarial vai ajudar a estimular a economia alemã." [Fonte: Rede Brasil Atual]

Enquanto isso, no Brasil sob golpe, os direitos trabalhistas foram sequestrados, a automação e os avanços tecnológicos trazem apenas desemprego e redução salarial, com intensa precarização do trabalho.

O mesmo cenário com respostas distintas. Enquanto na Alemanha a indústria 4.0 aumenta salário e reduz horas trabalhadas, no Brasil sob golpe temos a escravidão reloaded.



Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário