terça-feira, 27 de março de 2018

Ao focar a cobertura na violência de pequenos grupos fascistas e não nos milhares de pessoas que apoiam Lula fazemos o jogo dos fascistas

Florianópolis
Multidão em Florianópolis

Tempo estimado de leitura: 25 segundos

O sucesso estrondoso da estratégia de Lula de sair em caravana pelo país, enquanto os cães ladram e rosnam de ressentimento, contagia o Brasil. Foi assim nos lugares por onde a Caravana passou anteriormente, no Nordeste e em Minas.

Agora, no Sul, terra dos lavajateiros, sabia-se que a violência podia acontecer, como aconteceu. Mas isso já era esperado. O que não era esperado, e aconteceu, foi a verdadeira multidão que recepcionou Lula em alguns dos rincões mais reacionários do país.

Infelizmente, as pessoas estão focando a cobertura da Caravana no Sul na violência dos fascistas e não na recepção calorosa e consagradora do povo, como mostram as fotos.

Privilegiando a violência de meia dúzia de gatos pingados fazemos o jogo dos fascistas e da mídia que os apoia.

A resposta a eles foi dada pelo próprio povo das cidades, como mostram estas fotos da Caravana. Todas as fotos são de Ricardo Stuckert.

Lula em Chapecó
Chapecó é Lula até debaixo de chuva
Lula em Santa Maria, RS
Lula em Santa Maria, RS
Multidão em São Leopoldo, com Lula
Multidão em São Leopoldo

Multidão em São Miguel do Oeste, com Lula
Multidão em São Miguel do Oeste




Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário