terça-feira, 20 de março de 2018

Benedita, a primeira mulher negra, da favela, a ser vereadora, senadora, governadora fala de Mariella e da luta contra machismo e preconceito

Benedita da Silva

Tempo estimado de leitura: 1 minuto e 50 segundos

"Marielle tinha potencial para ser deputada, senadora, presidente da República"- Benedita da Silva.

Não foi fácil o caminho da Bené, a Dita, a Benedita, Benedita da Silva, primeira mulher negra, nascida e criada na favela, a ser eleita vereadora no Rio. Depois, foi a primeira senadora negra, a primeira governadora negra do Rio de Janeiro.

Hoje deputada federal, a petista soube do discurso de Marielle Franco na Casa das Pretas, no Centro do Rio, instantes antes de ser covardemente assassinada:

"Na Câmara [Municipal do Rio], antes da gente entrar, foram dez anos antes com a Jurema [Batista]. E dez anos antes da Jurema, a Benedita [da Silva]. A gente não pode esperar mais dez anos ou achar que eu estarei ali por dez anos"

Benedita sabe bem a barra que é ser mulher, negra e da favela hoje, e comenta como foi difícil ser a pioneira:

"Se ainda é difícil para uma mulher negra, favelada, ocupar esses espaços, você não sabe como foi naquela época. Para começar, eu era a única dos 33 vereadores que não tinha carro oficial, porque diziam que o carro não podia subir a favela, e eu morava no Chapéu Mangueira", lembra.

"Depois, eu, casada, era objeto de certo tipo de violência sexual dos colegas, que ficavam apostando para ver quem sairia primeiro comigo. Você passa quatro anos tentando provar que é inteligente, que é capaz, que não é um objeto sexual." 

Benedita continua sua luta por uma maior representatividade num país machista e preconceituoso:

 "Não podemos conviver com 3 parlamentares negras num universo de 500 deputados. Temos que ter nosso lugar de fala, não queremos que falem por nós. Queremos ter mais mulheres negras ocupando espaços em evidência."

Benedita lamenta a morte de Marielle e segue na luta. Porque a luta continua.

 Fonte: BBC Brasil



Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário