quarta-feira, 28 de março de 2018

Pneus queimados, ovos, pedras e agora tiros contra Caravana de Lula. O que o governo espera para agir?

Denúncia feita por Lula e ônibus com marca de tiro

Tempo estimado de leitura: 35 segundos

Eles são pouco, mas raivosos, manipulados e, principalmente, impunes. Desde o início da caravana de Lula no Sul, um grupo que não chega a duas dezenas de fascistas tenta impedir que o ex-presidente fale com seus milhares de eleitores e seja recebido por eles, com o carinho que tem acontecido em todas as cidades por onde a Caravana passa.

É um grupo que age com a certeza da impunidade, com as polícias de braços cruzados e até o apoio da senadora gaúcha Ana Amélia, que incentivou as agressões em redes sociais.

Há fotos deles espalhadas pelas redes. Alguns identificados. Por que não estão presos? Por que não foram chamados a, pelo menos, prestar depoimento na polícia?

O que o governo do golpista Temer espera para agir? O assassinato do maior líder popular da história?

A omissão covarde de Temer e do ministro da Segurança Pública Raul Jungman tem que ser denunciada ao mundo. Querem parar Lula na Justiça ou na bala para não enfrentá-lo nas urnas.


Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário