quinta-feira, 29 de março de 2018

Reforma trabalhista não ia melhorar? Piorou. Desemprego sobe para 12,6% e emprego com carteira assinada é o menor da história

Gráfico do desemprego do IBGE

Tempo estimado de leitura: 50 segundos

Repare no gráfico do IBGE que ilustra a postagem que o desemprego vai aumentando mês a mês, mesmo após a promessa de que com a Reforma Trabalhista (que só faltou abolir a Lei Áurea) iria chover emprego no Brasil. Pelo contrário, há piora constante e queda histórica no número de empregados com carteira assinada.

O que os números do IBGE mostram retrata o que se vê nas ruas das grandes metrópoles. O número de pessoas sem rumo, sem lar, sem emprego, sem amparo nas ruas aumenta a cada dia. O Rio, onde moro, é prova disso.

O índice de desemprego no Brasil atingiu 12,6% no trimestre encerrado em fevereiro de 2018. Isso significa que 13,1 milhões de pessoas estão desempregadas no país. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da pesquisa Pnad Contínua. 
(...) A quantidade de empregados no setor privado com carteira assinada ficou praticamente estável em relação ao trimestre anterior (de setembro a novembro), em 33,1 milhões (menos 92 mil pessoas, ou queda de 0,3%). Esse nível, porém é o mais baixo de toda a série histórica da pesquisa, iniciada em 2012. O dado não considera os trabalhadores domésticos.[Fonte: G1]


Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário