segunda-feira, 14 de maio de 2018

'Cabral ofereceu a preso R$ 10 milhões pela minha morte', afirma Garotinho. E mais: Teria mandado matar outro preso, com sucesso


Tempo estimado de leitura: 1 minuto e 20 segundos

Em seu blog, o ex-governador Anthony Garotinho acusa o também ex-governador Sergio Cabral de ter encomendado sua eliminação por R$ 10 milhões.

A encomenda teria sido feita a um dos presos no presídio de Benfica, quando Cabral também esteve lá juntamente com Garotinho. O preso contou a história a seu advogado e este a repassou ao advogado de Garotinho, Carlos Azeredo.

Segundo Garotinho, Azeredo levou a denúncia às autoridades e ao Ministério Público do Rio, solicitando inclusive proteção a seu cliente. Até o momento, nenhuma atitude teria sido tomada.

Garotinho afirma ainda que o preso quer fazer uma delação premiada, até o momento sem sucesso, contando dessa tentativa de assassinato e de outras histórias que teria presenciado em Benfica. Inclusive de uma outra encomenda de assassinato feita por Cabral, esta executada com sucesso, a de um ex-preso, que teria sido solto "com informações comprometedoras" sobre Cabral e seu bando. Teria sido executado na porta de casa.

As denúncias são seriíssimas e não podem ser simplesmente ignoradas pelas autoridades. Ainda mais porque foi Garotinho quem primeiro denunciou, e o vem fazendo desde os primeiros dias do governo Cabral, o incrível esquema de corrupção implantado por Cabral no Rio de Janeiro durante seus dois governos, e mesmo antes, quando era presidente da Alerj.

Todas essas informações estão no vídeo reproduzido aqui.



Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário