segunda-feira, 14 de maio de 2018

Doleiros da Lava Jato fazem questão de ser julgados por Moro. É que Moro tem até um doleiro de estimação, Youssef

Imagem com Moro, Youssef e relação entre eles

Tempo estimado de leitura: 50 segundos

Dois dos doleiros presos na Operação Câmbio, Desligo, Jorge e Raul Davies, que estão nas mãos do juiz Bretas, do Rio, querem ser julgados por Sergio Moro, em Curitiba. [Fonte: Folha]

Se políticos fogem do justiceiro de Curitiba como o diabo da cruz, os doleiros têm preferência por Moro, que também parece ter uma queda toda especial por eles. Tem até seu doleiro de estimação, Alberto Youssef, que abriu caminhos para Moro no caso Banestado e agora na Lava Jato.

Em ambos os processos, Youssef envolvido até o pescoço, conseguiu vantagens pra lá de camaradas com Moro: num, teve a pena reduzida a um ano. Na Lava Jato, saiu cheio de dinheiro e condenado a apenas dois anos e meio (embora reincidente) e já está em casa, livre, leve e solto, à espera de novas mutretas para uma terceira operação com seu parceiro.



Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário