sábado, 21 de julho de 2018

Ciro não queria ser alternativa a Lula, mas a Alckmin. Agora, ficou sem alternativa

Ciro Gomes

A disputa de Ciro Gomes, ao contrário do que muitos pensavam, não era pelos votos da esquerda, de Lula. Ele sempre esteve de olho nos votos da direita. Enquanto enrolava pela esquerda, acenava para o Centrão e chegou a voltar atrás de um dia para outro em várias afirmações, quando criticado por DEM ou PP.

Ciro Gomes é político experiente e muito inteligente. Sabe que a eleição deste ano está polarizada. Se houver segundo turno, é Lula ou quem ele indicar de um lado. E alguém do outro. Por enquanto, é Bolsonaro. Mas ninguém acredita no Bolsonaro, tanto que ele não consegue um vice, embora lidere com relativa folga as pesquisas sem Lula. Sobram os outros de centro e direita, que Ciro queria representar.

Não deu. O Centrão centrou em Alckmin e Ciro ficou do tamanho que tinha.


Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário