LIVROS DO MELLO. CLIQUE PARA CONHECER

sábado, 12 de janeiro de 2019

Advogado de Queiroz confirma que é ele no vídeo dançando na véspera da posse de Bolsonaro e de sua impunidade

Print do vídeo



Recebi a imagem ontem à noite de uma amiga jornalista. Mas optei por não divulgar, porque simplesmente não acreditei que pudesse ser verdadeiro o que tinha toda a cara de um meme: o policial Queiroz, amigão do peito dos Bolsonaros, envolvido numa inexplicada transação de mais de R$ 1 milhão, que se recusara a dar explicações sobre a movimentação ao Ministério Público por graves problemas de saúde, aparece dançando para a câmera, sorrindo, usando o suporte de soro como estandarte, com a mulher de laranja.

Mas, no final da tarde de hoje, a Folha recebeu mensagem do advogado de Queiroz confirmando que é mesmo Queiroz o dançarino serelepe no vídeo.
O advogado de Queiroz, Paulo Klein, confirmou que é seu cliente quem aparece no vídeo. Segundo o advogado, ele foi filmado pouco antes da meia noite do dia 31 de dezembro, durante visita da família ao quarto em que estava internado. 
O advogado afirmou que se tratava de "raro momento de descontração" antes da cirurgia que envolvia risco de morte do paciente. "É importante registrar que o referido vídeo foi feito no dia 31.12.2018 à meia noite, no contexto humanamente compreensível de uma data comemorada universalmente", afirmou o advogado por meio de mensagem de celular à Folha.
Como é imagem que não favorece Queiroz e sua família, muito menos a família Bolsonaro, fica a pergunta: Quem vazou o vídeo que fere de morte o governo Bolsonaro?


O Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem propaganda. Se o blog é relevante para você, considere apoiá-lo com uma assinatura. Apenas R$10

Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento

Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário