terça-feira, 11 de junho de 2019

Militares em ordem unida na defesa das ilegalidades de Moro e da Lava Jato

Tuíte do general Villas Boas, ex-comandante do Exército

Alguém esperava algo diferente? O corneteiro do batalhão de militares (mais de 120) que tutelam o governo do tresloucado Jair Bolsonaro tocou ordem unida no sentido de defender o ex-juiz Moro e a Lava Jato, mas, na verdade, para defender o golpe de Estado que os colocou no poder, na aba de Bolsonaro.

Logo pela manhã, o general Heleno deu a senha: chamou de detratores os jornalistas que divulgaram as conversas vazadas e defendeu Moro, “cujas integridade e devoção à Pátria estão acima de qualquer suspeita”.

Foi seguido pelo Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva: “O ministro Moro tem total confiança nossa. Ele é um homem de muito respeito e do bem”.

O vice-presidente Hamilton Mourão, que pretende subir uma casinha e ocupar o lugar do Jair assim que vague, também saiu em defesa de Moro: “O ministro Moro é um cara da mais ilibada confiança do presidente, é uma pessoa que dentro do país tem o respeito de enorme parte da população”. A diferença é que Mourão tirou da reta e disse que a confiança era "do presidente" e o respeito, "de enorme parte da população".

Então veio o até outro dia comandante-geral do Exército general Villas Boas com a tuitada acima, onde expressa o "respeito e a confiança no Ministro Sergio Moro".

Tudo bem, mas e se novo material mostrar as ilegalidades de Moro de forma ainda mais evidente, o que é praticamente certo que aconteça?

A ordem unida dos generais pouco pode fazer contra a realidade dos fatos, a não ser que eles (todos generais de pijama) sejam a voz dos generais da ativa e cometam alguma arbitrariedade contra o The Intercept Brasil, o que seria um escândalo mundial, principalmente pelo prestígio do prêmio Pulitzer Glenn Greenwald.

Além do mais, qual a vantagem em dar um golpe, se têm o poder nas mãos agora? Eles já se mostraram "flexíveis", quando engoliram a seco as ofensas do guru dos Bolsonaro, Olavo de Carvalho, e não vão se deixar incendiar nem ao governo que lhes dá abrigo e poder, junto à fogueira que venha a queimar Moro.


Com seu apoio o Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem popups de propaganda





Leia também:
Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello

Um comentário:

  1. Por onde andariam os militares nacionalistas que nós sempre acreditamos que houvesse nas nossas forças armadas?
    Será que ainda existe nestes grupamentos militares alguém que realmente esteja pensando no país nação?
    Como é possível que militares legalistas e que defendam a constituição possam se posicionar defendendo coisas com as que estão acontecendo nestes últimos tempos?

    BEM NO MEIO DA TRANSA, TODO MUNDO PÔDE VER, OUTRA VEZ, QUE O MARRECO É UM TRAMBIQUEIRO GRAÚDO E GORDO. ELE E O CONVICSOL
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2019/06/12/bem-no-meio-da-transa-todo-mundo-pode-ver-outra-vez-que-o-marreco-e-um-trambiqueiro-graudo-e-gordo-ele-e-o-convicsol/


    #VAZAJATO

    Multiplique!

    O DIA É 14 DE JUNHO, ANTECIPAMOS EM UM MÊS AS COMEMORAÇÕES PELA QUEDA DA BASTILHA.

    AQUI É A QUEDA DA QUADRILHA.

    VENHA PARA A GREVE GERAL DO DIA 14 DE JUNHO.

    VAMOS TODOS JUNTOS MOSTRAR A FORÇA DE UMA NAÇÃO, A FORÇA DE UM POVO QUE SABE O QUE QUER.

    VAMOS NOS DEFENDER E DEFENDER NOSSA PÁTRIA E NOSSA NAÇÃO.

    NÃO VAMOS NOS DEIXAR ESTUPRAR; NÃO VAMOS DEIXAR.

    ResponderExcluir