quarta-feira, 19 de junho de 2019

Moro foi ao Ratinho e não contestou fake new da compra do mandato de Jean Wyllys por Glenn, que sabia ser mentira


Há um provérbio português que diz que quem se envolve com porcos farelo come. E com ratos?

O ex-juiz Moro, atual ministro da Justiça, foi ao programa do Ratinho para uma entrevista sobre as reportagens do Intercept Brasil, em que aparece interferindo e mesmo comandando as ações da Lava Jato com o intuito de condenar o ex-presidente Lula.

A certa altura, o apresentador Ratinho espalhou para seu público a fake new que foi divulgada por um perfil no Twitter de que Glenn Greenwald teria comprado o mandato do deputado Jean Wyllys para eleger seu namorado (aqui para colar o preconceito da orientação homossexual de Glenn), com o patrocínio de um empresário russo.

Essa mentira chegou aos Trending Topics do Twitter, mas quando Moro deu a entrevista já estava esclarecido que se tratava de mais um esquema de robots da família Bolsonaro espalhando fake news.

Ratinho, para dar uma de que não estava acusando, embora estivesse, chegou a dizer: “Pode ser fake news, deve ser fake news. Mas se for isso é muito maior do que imaginamos, porque envolve outro país”.

Se "pode ser fake news, deve ser fake news", como falou, por que Ratinho a repassou para seu público?

Se fosse quem diz ser, se fosse ético, Moro deveria ter dito na hora que aquilo não era verdade. Mas não, sem endossar a calúnia diretamente, aproveitou e seguiu o caminho:
“Olha, o que eu vi é que começaram a disseminar até questões de contrainteligência, para despistar. Na semana passada, um hacker já começou a invadir outros celulares para fazer brincadeiras." [Veja]

Desesperado, ao ver sua máscara de ético cair a cada nova reportagem do Intercept, Moro age tentando desqualificar a fonte, mas quem está desqualificado é ele, que não tem nem o pudor de continuar à rente das investigações que o investigam.



Com seu apoio o Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem popups de propaganda



Leia também:
Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também e considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura ou doação.
Não gostou? Comente também. Aponte erros e me ajude a corrigi-los. Só não ofenda, porque os comentários são moderados e não vão ao ar.
Obrigado,
Antonio Mello