quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

Falando a empresários, Guedes expõe nojo que governo Bolsonaro e parte de seus eleitores têm dos povo

Bolsonaro e Guedes

Após chamar servidores de parasitas, Guedes expõe nojo aos pobres em palestra a empresários


Em palestra a empresários, justificando o dólar nas alturas, o ministro Paulo Guedes explicitou (como se ainda precisasse) seu nojo aos pobres, que é compartilhado por boa parte dos eleitores de Bolsonaro.

Guedes criticou o dólar baixo dos governos do PT e as facilidades de crédito e aumento de salários daquele período, que possibilitaram aos mais pobres andar de avião, alguns até ao exterior.

O mais impressionante na fala de Guedes, além do preconceito de classe, é o absoluto nojo com que fala das "empregadas domésticas", dos pobres, o povão brasileiro que o sustenta e a este governo vendilhão, que está entregando todas as nossas riquezas ao capital especulativo.

Repare no jeito que ele fala, no desdém, no desprezo, mandando as pessoas viajarem ao Nordeste, como quem diz "longe dos lugares que frequento, fora daqui, longe de mim, de minhas vistas"...

É o legítimo representante daquelas senhoras de Higienópolis (SP), que saíram em protesto contra estação do metrô no bairro, porque atrairia para o local o que elas chamaram de "gente diferenciada".

Representante também daquela colunista da folha que protestou quando encontrou com o porteiro de seu prédio em Paris, "invadindo" o território de seu sonho burguês.

Ou daquelas pessoas da zona sul do Rio de Janeiro que lutaram até o fim contra Brizola por ter permitido que ônibus atravessassem o Túnel Rebouças, que liga as zona norte e sul, abreviando em pelo menos uma hora a ida das pessoas às praias.

É o nojo do povo. Infelizmente compartilhado por boa parte de seus eleitores que pertencem a esse povão, mas que vivem alienados por pastores pilantras bilionários, e alimentados por fake news e uma mídia alienante.

Assistam ao vídeo abaixo e confiram trecho da fala de Guedes, que em qualquer lugar decente do planeta o enviaria diretamente à lata de lixo da História (detalhe: antes prestando esclarecimentos sobre sua participação em fraude bilionária nos fundos da Caixa e da Petrobras, que pode levá-lo à cadeia).




Ajude o Mello a tocar o blog. Faça uma assinatura. É seguro, rápido e fácil
Sua assinatura faz a diferença e ajuda a manter o blog
Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento




Recentes:

Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
(Apenas Assinantes)

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado