terça-feira, 7 de julho de 2020

Com COVID-19, Bolsonaro pode ter infectado mais 48 pessoas por não respeitar protocolo, inclusive embaixador dos EUA



O presidente Jair Bolsonaro foi confirmado com COVID-19, segundo resultado do exame divulgado agora há pouco.

Como nunca respeitou o protocolo, que pedia uso de máscaras e distanciamento social, Bolsonaro pode ter infectado ao menos mais 48 pessoas, entre empresários, políticos e pessoal do Planalto.

Entre os que podem ter recebido o "presente" estão o filho Eduardo, o embaixador dos EUA, Todd Chapman, todos os presentes ao almoço do 4 de julho na casa do embaixador, como o chanceler Ernesto Araújo, e mais, segundo levantamento do Estadão: o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, Luiz Carlos Trabuco, do Bradesco, Francisco Gomes, da Embraer, Rubens Ometto, da Cosan,  Lorival Nogueira, da BRF, Paulo Guedes (Economia), Braga Netto (Casa Civil),  Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral), Levi Mello (Advocacia-Geral da União), o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL- GO), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo).

Todos vítimas da irresponsabilidade de Jair Bolsonaro.



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos




Recentes:


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado