sábado, 4 de julho de 2020

Mudança na carceragem de Curitiba: saem condenados com sentenças anuladas, entram Moro e turma da Lava Jato por traição

Lula, FBI, Lava Jato

Série de reportagens da Agência Pública com o Intercept mostra a intensa cooperação, uma parceria mesmo, entre a força tarefa da Lava Jato e o FBI. Só que sem o consentimento do governo brasileiro, o que é ilegal e vai acabar anulando todos os processos e levando para a cadeia os que agiram assim.

Não é que fosse novidade a parceria. Aqui no blog eu publiquei sobre isso, a mídia de esquerda também. Os presidente Lula e Dilma idem. Os advogados do presidente cansaram de bater nessa tecla, sob silêncio da mídia corporativa e cegueira do MP e do STF.

Agora, a sequência de reportagens traz provas desse envolvimento ilegal do FBI, que fez serviços de investigação no Brasil, sem anuência do ministro da Justiça, como é exigido por lei.

Pior: a Lava Jato fez delatores das empresas brasileiras prestarem depoimentos nos Estados Undos contra essas mesmas empresas, Petrobras, Odebrecht.

A Lava Jato partilhou as investigações com os Estados Unidos.

Resultado: nossas empresas receberam multas bilionárias dos acionistas dos EUA e quase quebraram. E a Lava Jato ainda queria ficar com R$ 2 bilhões dessas multas para fazer uma fundação em memória deles mesmos no Paraná.

Com base nessas ilegalidades, Lula foi condenado sem provas e não pôde disputar a eleição contra Bolsonaro, quando as pesquisas indicavam sua liderança disparada.

Também por conta dessa malfadada operação, feita para atingir nosso pré-sal, nossa maior empreiteira, que estava cheia de negócios pelo mundo, Bolsonaro acabou chegando à presidência, levando com ele Moro, até que percebeu que a turma de Curitiba queria era seu lugar.

Agora chegou a hora da verdade e a carceragem de Curitiba vai abrir as portas para saírem de lá os que tiverem seus processos anulados e dar lugar aos criminosos que traíram o país.

O presidente Lula já havia afirmado lá atrás, como repito aqui na imagem:
"O objetivo era a Petrobras, o Pré-Sal e as empresas brasileiras que estavam ganhando licitações dos EUA no Oriente Médio. Um dia essa história vai ser contada em toda sua verdade".
Esse dia chegou.

Acompanhe aqui um thread com as reportagens da parceria Pública, Intercept.



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos




Recentes:


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado