quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Dois anos de governo Evo Morales. O que você nunca leu


Evo Morales

Evo Morales assumiu o poder em 22 de janeiro de 2006 [Ok, isso você já leu...].

Gás boliviano, por ano: 2003: 451 milhões de dólares. 2004: 685 milhões. 2005: 987 milhões. Com Evo. 2006:1 bilhão e oitocentos milhões de dólares. 2007: 1 bilhão e 930 milhões de dólares.

Dívida externa: A dívida externa da Bolívia baixou de 4,9 bilhões de dólares para 2,1 bilhões, menos da metade.

O PIB per capita da Bolívia, em 2005, era de 876 dólares. Em 2006, passou a 1153 e em 2007, a 1308 dólares.

Superávit comercial. Em 2005, 605 milhões de dólares. Em 2006, mais que dobrou: 1,3 bilhão de dólares. Em 2007, 1,4 bilhão.

Terras. Em dois anos de governo, Evo Morales titulou mais de 10 milhões de hectares. Mais do que os 9,2 milhões titulados pelos governos neoliberais, no período de dez anos, entre 1996 e janeiro de 2006.

Em dois anos, diminuiu em mais de 60% o analfabetismo na Bolívia.

Em conjunto com um programa solidário de Cuba, denominado Operacion Milagro, devolveu a visão a 200 mil pessoas de baixa renda, com operações gratuitas.

Com os novos recursos dos impostos dos hidrocarbonetos, criou dois programas: um voltado para a infância e outro para os idosos.

O Juancito Pinto é um bônus, para manter a criança na escola. Beneficia mais de 1,4 milhão de crianças.

O Renda Dignidade garante aos idosos acima de 60 anos que não têm direito à aposentadoria cerca de 310 dólares bolivianos por ano, enquanto os aposentados ganharão aproximadamente 235 dólares bolivianos. Antes, somente os aposentados acima de 65 anos tinham direito a 235 dólares bolivianos.

É contra esses chamados desvios populistas e assistencialistas - o Juancito Pinto e O renda Dignidade - que se bate a direita racista, preconceituosa e golpista.

Você, meu arguto leitor, minha sagaz leitora, havia tomado conhecimento de alguma dessas informações na nossa mídia democrática?

Não quero perpetuar-me no poder, nem que meu passado se repita em milhões de pobres, em indígenas marginalizados. Queremos vencer esse passado colonial com a arma da justiça e da igualdade. [Evo Morales, em seus discurso de dois anos de governo]

Leia também:

» Golpistas bolivianos vão ter que enfrentar as urnas

» Golpistas bolivianos plagiam projeto de Estatuto da Catalunha

» Vídeo: Racistas bolivianos agridem covardemente um ‘índio de mierda’

» O seqüestro como arma de luta política

Comente com o Facebook:

20 comentários:

  1. alexandre24.1.08

    VIVA MORALEZ!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Bons dados, mas e a fonte?

    ResponderExcluir
  3. Maxwell B. Medeiros24.1.08

    Acredito que essas notícias não saem aqui no Brasil se deve ao fato de que as pessoas que controlam os meios de comunicação de massa não querem propagar exemplos "errados" como os governos de Moráles e Chávez.No Brasil vimos a campanha ruidosa contra a CPMF, criada por Adib jatene e que foi editada com MP por FHC.
    É errado dar comida e renda a quem não tem ? "nao basta dar o peixe , ensine a pescar" é o que dizem. Mas de que adianta se não querem olhar para quem quer "aprender a pescar".

    ResponderExcluir
  4. Gilberto,
    Todos os dados foram retirados do discurso de mais de cinco horas em que Evo prestou conta dos dois primeiros anos de seu mandato.
    Podem ser encontrados na Agencia Boliviana de Informacion: http://abi.bo/index.php
    Se quiser, você pode ouvir o discurso de Evo na íntegra aqui: http://abi.bo/index.php?i=dos

    ResponderExcluir
  5. Será que a nossa imprensa vai divulgar este discurso.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo25.1.08

    Mello meus parabéns por este Post,ja defendia ô Evo Morales sem saber de tudo o que estava acontecendo na Bolívia de bom,agora mesmo é que eu vou fundo na defeza dele,nas emissôras de rádio,em que eu participo uma vez que outra como ouvinte e falante rsrs!Aqui em Porto Alegre a imprênsa radiofônica já me censurou,não posso mais nem telefonar para estes programas "interativos",quando o meu telefone bate lá,êles não me põe no "AR",êles fazem isto com todos os petistas...Só vou numa emissôra a meia-noite para educadamente com uma voz bem calma discordar das mentiras que os jornalista jogam no "ar"!O Presidente Lula é desrespeitado 24 horas por dia em todas as emissôras!

    ResponderExcluir
  7. Anônimo26.1.08

    Muito bom encontrar blogs que divulgam aquilo que nós nunca saberiamos.
    Continue assim.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo26.1.08

    Mello o comentário que fiz a respeito das emissôras de rádo,e da Bolívia,foi de Teresinha Carpes eu me esqueci de colocar o meu nome no final,como sempre eu faço,pois por este sistema de colocar "URL",que eu nem sei o que é isto...eu não tenho prárica em computador e tenho pouca visão,me perdõe...e eu não gosto do anonimato AbsTeresinha Carpes

    ResponderExcluir
  9. Teresinha,
    na hora em que for fazer um comentário selecione a opção "Apelido". Fica logo acima da tal "URL" que a assustou (URL é o enderço de uma página. Por exemplo, a URL de meu blog é http://blogdomello.blogspot.com).
    Clique no círculo acima da palavra "Apelido" e escreva na caixa à frente dela "Teresinha Carpes".
    Não há o que perdoar. Ninguém nasce sabendo.
    Abraços,
    Antônio Mello

    ResponderExcluir
  10. Mello,
    Seus valores sobre a Renda Dignidade não estão corretos. Os valores batem mas não são em dólares, mas em Bolivianos (B/s $). Os até hoje chamados 'aposentados' recebiam o valor, mas ANUALMENTE, no dia do aniversário. Todos passam a receber mensalmente.
    De qualquer maneira, é um tremendo avanço para a população boliviana. Acabo de retornar de um mês no Perú e Bolívia, conhecendo nossos simpáticos vizinhos.
    Um abraço e parabéns pelo seu Blog,
    Nelson

    ResponderExcluir
  11. Grato, Nelson,
    fiz a correção.

    ResponderExcluir
  12. antonio barbosa filho27.6.08

    Mello, peço desculpas pelo "comercial" mas gostaria de informar aos interessados na Bolívia que na Bienal de SP, em agosto, estarei lançando o livro "A Bolívia de Evo Morales - dois anos de refundação", com prefácio do José Dirceu e uma entrevista exclusiva com o embaixador Maurício Dofler, baseado em algumas viagens e ampla pesquisa que fiz. O objetivo é exatamente contrapor os fatos às versões que nossa mídia mais-que-conservadora divulga. Oportunamente, farei o convite a todos. Obrigado.

    ResponderExcluir
  13. antonio barbosa filho12.8.08

    Caro Mello, permita-me usar seu espaço para convidar os amigos da Bolívia para o lançamento de meu livro "A Bolívia de Evo Morales - a refundação de um país", que trata exatamente do seu tema. O livro tem prefácio do José Dirceu e apresentação do autor pelo Audálio Dantas.
    O lançamento será no dia 23, às 15 hs, no estande da LivroPronto Editora, Rua "M" com Avenida 6 da Bienal Internacional do Livro de SP. Conto com todos, obrigado e viva Latinoamérica!!!

    ResponderExcluir
  14. Wilson Carvalho Alves13.8.08

    Oi Mello
    Não nunca ouvi nem vi nada parecido sobre o governo boliviano em nossa mídia, e não sei em quem acredito: se em você que não tem nada a ganhar ou se neles que tem tudo a perder.
    Oh! Dúvida...

    ResponderExcluir
  15. Débora Maciel15.8.08

    Nossa mídia tem um lado...
    Carrega um propósito...
    Por isso, dificilmente veremos essas informações serem publicizadas...

    Ps: Também gostaria de ver a fonte dos dados...

    Débora Maciel

    ResponderExcluir
  16. Anônimo16.4.09

    MUY AMABLE SEÑOR ANTONIO MELLO,
    Porque agir como a imprensa conservadora que tão entusiasticamente critica, omitindo fatos importantes à compreensão de dados : as melhorias na renda da Bolívia, função da venda do seu gás, foram o resultado da alta internacional do petróleo ocorrida no período relatado,a qual,capciosa e tendenciosamente,o distinto bloguista terminou em 2007.Verá que em 2008e daí para a frente a situação será bem diferente, independentemente da gestão do "índio de mierda" em questão.Atenção, senhor : Seus leitores não são, todos eles, ingênuos e desinformados !
    Outra coisa : você acredita,mesmo,na propaganda que o Sr.Morales faz de si mesmo ?

    ResponderExcluir
  17. Prezado Anônimo (viu por que peço para colocarem um nome qualquer?),
    não acho que meus leitores são ingênuos ou desinformados. Alguns são apenas distraídos. Por exemplo, não veem que a data desta postagem é 24 de janeiro de 2008. Como eu poderia, portanto, falar e comparar dados de um ano que mal começava?

    ResponderExcluir
  18. Anônimo2.12.09

    Primeira vez que leio seu blog, havia pego uma vez o endereço, pois gosto muito das musicas do Beatles. Parabens por colocar coisas interessantes sobre o governo de Evo e Chavez. Acompanhei muito o começo do governo Chavez, mas por falta de acesso as noticias sobre a Venezuela, pelo menos as verdadeiras, e agora vejo com esperança que essas mudanças estão vindo para valer. O Analfabetismo, eu não sabia que havia sido extinto da Venezuela, sabia do esforço do governo para tal, importando o sistema de Cuba.
    Voce poderia atualizar mais dados.
    Tanto da Venezuela como da Bolivia

    Francisco

    ResponderExcluir
  19. Gustavo Diniz Gonçalves8.12.09

    A sobrevivência da Bolivia só poderá acontecer se Evo Morales fizer como o Lula e o PT: era contra as multinacionais, a favor do calote ao FMI e ao Clube de Paris, contra as privatizações,contra os banqueiros americanos e depois entregar a chave do cofre do país a um banqueiro internacional,nomeando o Presidente mundial do Bank of Boston como Presidente do Banco Central do Brasil(Henrique Meireles).Êtaaaa coerência....

    ResponderExcluir
  20. Há tempos não via literatura tão realista. Tenho uma lista de blogs que estão me deixando mais informado do que o "PIG" Viva 2010 o ano da Dilma
    julianonicoliello@gmail.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...