quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Requião acusa Globo de tentar derrubá-lo e MP de pressioná-lo para que não denuncie os altos salários do Judiciário



Mais uma parte da entrevista do governador Roberto Requião à repórter Christina Lemos, no programa Brasília ao vivo, da Record News, que pode ser visto na íntegra por este link.

No trecho, Requião acusa a Rede Globo de tentar derrubá-lo nas eleições de 2006, e acusa também o Ministério Público de persegui-lo por combater os altos salários do Judiciário.

Leia também:

» Requião diz que Rede Globo é insaciável e denuncia chantagem da mídia

» Requião critica mídia nos casos dos filhos de FHC e de Renan

» Requião e Lippmann: Censura ou não?

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Acabei de votar no seu blog.
    Vi no youtube atraves da postagem sua do vídeo de Requião na Record News.
    Parabéns pelo seu blog. Ele é lindo e voce tambem.
    Gostei da forma como voce faz a postagem com imparcialidade.Voce não distorce a notícia.
    abraços.
    Shirley
    http://requiaofaclube.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.