domingo, 3 de fevereiro de 2008

A petista, o tucano e a mídia. Matilde e André Lara Resende. A negra, o branco


O caso das ministra Matilde já foi resolvido. Ela pediu demissão. Antes, ela demitiu dois de seus assessores, que não a teriam orientado corretamente. Logo, fica implícito – ao demitir os assessores – que sua própria demissão era o desfecho lógico para o caso.

Mas quero destacar dois aspectos do caso. O primeiro, a de que ele só foi descoberto a partir de uma denúncia da Controladoria Geral da União (CGU), numa prova da transparência do governo. Todos os dados, de todos os ministérios, estão na internet para quem quiser ver.

Isso foi feito no governo FHC? Você sabe dos gastos dos governos Serra, Aécio, do prefeito Kassab? Pois é, o presidente Lula pode bater no peito e dizer: Nunca na história deste país...

O outro aspecto que quero destacar é o seguinte: fez-se um tremendo escarcéu, por conta dos gastos da ministra, e até por causa de uma tapióca de R$ 8,30 (oito reais e trinta centavos), mas não se lê uma palavra sequer sobre a acusação que o jornalista Luis Nassif fez em seu livro Os Cabeça-de-Planilha de que André Lara Resende, que fazia parte da equipe econômica do Plano Real, no governo de FHC, enriqueceu às custas de informações privilegiadas que tinha no governo. Milhões de dólares.

André está no Brasil desde o dia 18 de janeiro e nenhum repórter chegou até a ele para perguntar:

- André Lara Resende, é verdade que você enriqueceu com informações privilegiadas no governo FHC?

Leia também:

» Quando é aliado do governo, Jornal Nacional denuncia. Quando é tucano, silencia

» No Jornal Nacional, cratera do metrô de São Paulo pariu um bebê

» PSDB implode e Arthur Virgílio lança sua candidatura ao Planalto

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Crica3.2.08

    Vamos falar sério?
    O que manda no mundo é o capital financeiro e o resto é enfeite.
    O governo FHC tb foi atacado pela mídia. A diferença é que não precisava ser tão atacado, porque muito mais afinado com a perpetuação desses interesses.
    O governo Lula precisa ser muito mais "colocado no seu devido lugar" e se manter como confiável àqueles interesses.
    A grande imprensa apoiou a ditadura enquanto foi possível e só passou a confrontá-la quando já era insustentável sua manutenção. Não por menos a imprensa alternativa era muito atuante na época: Versus, Movimento, Pasquim, etc...
    Na era FHC os jornalista não passavam de homologadores do governo e igualmente só passaram a ter um papel menos submisso quando tb ficou clara a insustentabilidade dos tucanos pefelentos.
    A diferença com relação ao governo Lula está justamente em não ser desde o início tão confiável quanto os anteriores. Então pau nele que é para saber o que podem. E podem.
    Tucanos nessa altura só são os beneficiários eventuais, caso seja necessário, por interesses meramente financeiros, tirar Lula do caminho... antes que outros o façam por interesses que a eles se contraporiam.
    O povo, os leitores, esses só servem mesmo, para eles, como massa dessas manobras enquanto a maioria luta mesmo é para sobreviver a duras penas.
    E o governo Lula, ou qualquer outro que tenha o objetivo de melhorar as condições de vida e, portanto, de consciência política, tem que fazê-lo sem bater de frente com o mercado. Antes, convencer o mercado que a melhoria de vida da população traz benefícios aos negócios.
    Mas tem o Carnaval! O samba e o futebol! Que ninguém é de ferro...

    ResponderExcluir
  2. Zuleica3.2.08

    Oi Mello
    Leio teu blog todos os dias. E por acha-lo ótimo é que ja votei nele ha mioto tempo.
    Votei no Nassif, Mino, PHA, e calro no teu.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Neide Pessoa3.2.08

    Achei!
    Achei seu blog,imperdível.
    Foi via "Carta o Berro",
    do Vanderley Caixe,que sugeriu um vídeo.
    Nõa saio mais daqui..e vou agora mesmo, colocar seu blog nos Acessórios do meu orkut.
    Vou assinar meu nome,mesmo,
    foi com ele que passei o tempo esperando acabar uma ditadura.
    Obrigada,moço, somos colegas,
    só que sou aposentada,
    não sou tão menina..meu tempo passou...
    Neide Pessoa

    ResponderExcluir
  4. Crica,
    não apenas o mercado financeiro. Veja o caso do império americano.
    Zuleica,
    grato, um abraço pra você também.
    Neide, bem-vinda, muito obrigado pelas palavras.
    Abraço,
    Antônio Mello

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...