quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Trabalho escravo em bairro nobre do Rio


Cerca de 70 pessoas foram encontradas em situação análoga à de escravo na Fazenda Parque Recreio, na terça-feira, no Recreio dos Bandeirantes, durante inspeção realizada por representantes do Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro, Superintendência Regional do Trabalho e Polícia Federal. Diversas irregularidades trabalhistas foram encontradas no local, entre elas servidão por dívida, salários não pagos, alojamentos impróprios e carteiras de trabalho retidas.

Isso é o que informa reportagem publicada no Globo Online. O dono da área e da obra é o empresário Pasquale Mauro, que, segundo a mesma reportagem, é dono do Hospital Riomar, que fica no condomínio Riomar. No site do hospital, lê-se:

Trata-se de Hospital Geral, de caráter privado e aberto à classe médica, dentro dos mais aprimorados padrões técnicos e éticos.

Fico imaginando o que esse empresário entende por aprimorados padrões técnicos e éticos. Porque os empregados da obra na Fazenda Parque Recreio foram contratados por um gato, nos estados de Pernambuco e Paraíba, com a promessa de que receberiam R$ 800 por mês. No entanto, o alojamento em que ficavam era tão adequado aos seres humanos que esses lhe deram o apelido “carinhoso” de Carandiru. Até um menor foi encontrado pela fiscalização.

Ele conta que recentemente foi vítima de acidente de trabalho, cortou um dos dedos em uma máquina e foi levado ao hospital pelos próprios colegas de trabalho. "Quase perdi o dedo. Levei 12 pontos e continuo trabalhando normalmente", disse.

Evidentemente, o empresário dirá que não é responsável por nada disso, que tudo é culpa do gato, etc., porque enquanto não se aprovar no Brasil a cadeia para o responsável final e a desapropriação de terras de quem é flagrado com trabalhadores em situação análoga à de escravo, tudo continuará como dantes no quartel de Abrantes.

Mas, fica o aviso e o alerta: que tal uma visitinha do Ministério Público ao Hospital do empresário para verificar os mais aprimorados padrões técnicos e éticos oferecidos por lá?

Porque esse comportamento empresarial geralmente é contagioso e faz muito mal à saúde.

Clique aqui para ler as notícias de hoje do Blog do Mello

Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Anônimo27.11.08

    Mello, esse senhor na sua fazenda faz o gado leiteiro pastar no meio do lixo e do lodo de esgoto de fossas que ele permite jogar, j� foi alvo de a�o do MP (que, obviamente, n�o deu em nada), pois, dentre outras coisas, o leite tirado dali era dessas vacas, leite que era levado para esse hospital, para os pacientes...

    ResponderExcluir
  2. Anônimo27.11.08

    É por essas denuncias que este blog ganha importancia e credibilidade.
    Edu Marcondes

    ResponderExcluir
  3. Anônimo27.11.08

    Caro Mello,

    Em relação ao tema do post, recomendo o site http://www.reporterbrasil.com.br/
    Quem sabe se a PEC do trabalho escravo já tivesse sido aprovada a propriedade e o hospital seriam confiscados?

    Um abraço

    Gil Alessi
    bugiualessi@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. Técnicos, éticos e cínicos.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...