terça-feira, 19 de abril de 2011

Irmão de Gilmar Mendes é condenado a devolver dinheiro aos cofres públicos. Será que poder de Gilmar subiu no telhado?


A juíza Patrícia Ceni, da 4ª Vara Cível de Diamantino, condenou o ex-prefeito Chico Mendes a ressarcir aos cofres públicos o valor integral dos funcionários que contratou, em 2001, para a Prefeitura sem concurso público. A sentença - que deve ser publicada nas próximas horas - foi proferida na ação popular n° 200/2003, ajuizada pelo jornalista Lúcio Barboza. Cabe recurso contra a sentença da juíza Patrícia Ceni ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

A condenação também manda corrigir monetariamente e computar juros sobre o total dos salários indevidamente pagos, que em 2001, que ultrapassava a casa de R$ 700 mil, e pagamento de 15% deste montante a título de honorários de advogado.

Lúcio Barboza é autor de mais de duas dezenas de ações populares contra o ex-prefeito Chico Mendes, que foram ajuizadas entre 2003 e 2005. Só agora, oito anos depois, saiu a primeira condenação.

Em nota, o advogado Lauro Barretto, disse acreditar que a demora na tramitação destes processos “tem uma “explicação lógica”: o réu Chico Mendes é irmão caçula de Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal”.

No entanto, caso o TJ confirme os termos da sentença de primeira instância, Chico Mendes, que é apontado como provável candidato a prefeito de Diamantino nas eleições do ano que vem, ficará inelegível . [Fonte]

Como uma juíza, da cidade natal de Mendes, tem coragem de condenar o irmão do ministro, cuja família domina a política local há tempos? Será que subiu no telhado o poder do Simão Bacamarte do Judiciário?

O ex-prefeito de Diamantino Erival Capistrano havia denunciado que os inúmeros processos contra o agora condenado Chico Mendes nunca deram em nada:

Os processos eleitorais contra Chico Mendes nunca dão em nada. Os juízes eleitorais designados para Diamantino são sempre substitutos, colocados em cima da eleição. A Justiça já é morosa por natureza, mas parece que os processos contra o irmão do ministro são ainda mais. É muita influência de Gilmar Mendes. Nas campanhas passadas, a gente entrava com os processos e o ministro aparecia aqui, quando era da AGU (2000 a 2002), nos bairros, fazendo visitas, pedindo votos. Entrava nas casas.

Será que dessa vez Gilmar Mendes não vai conseguir dar um jeitinho?



.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...