quinta-feira, 21 de março de 2019

Objetivo da Lava Jato com prisões no Rio é provocar Gilmar, relator no estado, para que solte Temer e Moreira e as redes caiam sobre ele

Gilmar Mendes

O esquema da Lava Jato é inteligente e preciso, e vem de fora - ou alguém acha que Moro, ou seu atual candidato a Moro, o Bretas, tem preparo para bolar sua estratégia sofisticada? Basta ler qualquer entrevista dos dois para ver que são limitadíssimos.

A jogada agora com a prisão de Temer e Moreira é provocar o ministro Gilmar Mendes, que é relator da Lava Jato no Rio. Eles sabem que as prisões não se justificam, são desnecessárias, e servem apenas para desviar o foco do vexame mundial da visita de Bolsonaro aos Estados Unidos, sua queda nas pesquisas, e fustigar Gilmar Mendes para jogar a população contra ele.

Não se pode esquecer que Gilmar Mendes foi autor do mais veemente voto contrário no STF à proposta da turma da Lava Jato de criar uma fundação com R$ 2,5 bilhões da Petrobras.

Gilmar está numa sinuca de bico. Não pode não conceder os HCs, porque é o que lhe cabe fazer, mas, se concedê-los, vai cair o mundo na sua cabeça, com as redes sociais pedindo seu impeachment, alimentadas pelos robôs e grupos do esquema criminoso que levou Bolsonaro à presidência.


Com seu apoio o Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem propaganda.



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também e considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura ou doação.
Não gostou? Comente também. Aponte erros e me ajude a corrigi-los. Só não ofenda, porque os comentários são moderados e não vão ao ar.
Obrigado,
Antonio Mello