terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Bono, do U2, financiou game contra Chávez


O cantor Bono, do U2, através da empresa Elevation Partners, é sócio do Pandemic Studios, que produziu o game Mercenaires 2, que incentiva uma invasão de mercenários à Venezuela, para derrubar o governo.

50 líderes religiosos enviaram uma carta ao líder do U2, em protesto contra o apoio da empresa ao estúdio que trabalha em estreita relação com as Forças Armadas americanas e a CIA.

A íntegra da carta, você pode ler aqui, em espanhol. Nela, eles criticam o jogo, que simula uma invasão da Venezuela para derrubar Chávez:

(…)…una de las escenas en el centro de Caracas, uno de los edificios destruidos pertenece a la compañia del estado “Petróleos de Venezuela”. Este edificio es uno de varios que se pueden identificar claramente como conjuntos residenciales en los cuales se puede presumir que miles de personas inocentes son incineradas. También debes observar que esta compañia de petróleos (PDVSA), a la cual pertenece CITGO, es la única compañia petrolera que ha ofrecido combustible para la calefacción (heating oil) a precios de descuento a los residentes de vecindarios pobres en los Estados Unidos.

Mais adiante, eles denunciam a parceria do Pandemic Studios com a CIA e o Pentágono:

Claramente, este tema va más allá de Venezuela. Como tú bien sabes, tu compañia, Pandemic, ha desarrollado juegos de video con aplicaciones militares para el Pentágono y la CIA. “Full Spectrum Warrior” (El Guerrero del Espectro Total) es un ejemplo de esto. “Mercenaries 2” (Mercenarios 2) es obviamente un derivación de este proyecto financiado por la CIA y el Pentágono.

Leia também:

» Mercenaires 2: Game simula invasão da Venezuela para derrubar Chávez

» Em Miami, apresentador de TV prega o assassinato de Chávez

» Ex-agente da CIA confirma que EUA podem assassinar Chávez


imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Prezado Mello,
    esta estratégia de criar jogos para "treinar" futuros combatentes é uma tática usual da CIA e das forças armadas dos EUA. O jogo "Americas Army", distribuido gratuitamente pela internet, foi desenvolvido pelo Exército daquele país. A introdução ao jogo, publicada no site Baixaki, é uma verdadeira propaganda das forças estadunidenses: "Em Americas Army, um jogo de tiro em primeira pessoa, você se une a mais de cinqüenta milhões de jogadores do mundo inteiro para entrar em campos de batalha realistas, completar treinamentos árduos e conhecer a rotina dos soldados que defendem o mundo livre e democrático. Tudo isso com um realismo extremo, gráficos 3D bem trabalhados, sons de alta qualidade e uma jogabilidade incomparável."

    ResponderExcluir
  2. Kim Jong14.4.08

    O governo americano utiliza esses vídeos provocadores também como conteúdo ideológico para a população local, objetivando ganhar apoio em suas práticas teroristas.
    Há pessoas que crêem em jornais "neutros", então são facilmente domesticados para aceitar "inocentes" jogos "apolíticos.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.