terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Em Miami, apresentador de TV prega o assassinato de Chávez



Ator e apresentador de TV na Venezuela, Orlando Urdaneta se auto-exilou em Miami, de onde continua a atacar o presidente Chávez, como nesta entrevista, onde defende que ele seja morto, agora, já, por membros das Forças Armadas Venezuelanas, ou por uma tropa israelense financiada por algum empresário. O que interessa, para ele, é a morte do presidente venezuelano.

Esta postagem é para aqueles que acham que Chávez está fazendo uma fanfarronice, quando afirma que o governo Bush pretende assassiná-lo. E também para os que acham que nossa mídia chegou ao fundo do poço em ataques ao governo Lula.

Ainda estamos longe do que acontece na Venezuela, mas se vierem ordens de cima (leia-se EUA), com verba da CIA distribuída aos borbotões, pode ser que cheguemos lá. Afinal, há pouco tempo o valente sem voto senador Arthur Virgílio não ameaçou dar uns tapas no presidente?

Leia também:

» Hugo Chávez: O que nunca lhe informaram sobre ele

» Ex-agente da CIA confirma que EUA podem assassinar Chávez

» Lá como cá: Na Venezuela, TV não deixa povo defender o governo

» Chávez ou Uribe, quem colabora com os narcotraficantes?

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. E ainda dizem que Chávez está errado em não renovar a concessão da RCTV!!!

    ResponderExcluir
  2. Essas coisas, a nossa "grande imprensa" não fala. Preferem vender informação errada, mentiras e viver de bajulação do governo Bush.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo24.2.08

    há alguma chance de a justiça americana deter esse assassino?

    ResponderExcluir
  4. Anônimo,
    Os americanos estão querendo a mesma coisa.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...