sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Hugo Chávez: O que nunca lhe informaram sobre ele


Esta postagem é para aqueles que só ouvem falar que Chávez é um ditador, um populista fanfarrão, que explora a miséria dos venezuelanos.

Segue abaixo o resultado de nove anos do governo Chávez, completados no último dia dois.

. Analfabetismo. Na Venezuela, havia 1,5 milhão de analfabetos. Em 2005, a UNESCO declarou o país território livre do analfabetismo

. Pobreza extrema. Em 1998, mais de 20% da população vivia em pobreza extrema. Em 2007, o índice caiu a menos da metade: 9,4%.

. O desemprego caiu de 16,6% para 6,3%

. Salário mínimo: Em dólar, subiu de 153,1 para 285,9

Em bolívares: de 75 mil para 614,79 mil

. Relação dívida-PIB: Em 1998, a dívida era de 78,1% do PIB. Em 2007, 18,5%

. Relação divida externa-PIB: Caiu de 25,5% para 11,3%

. Investimentos em educação: porcentagem em relação ao PIB cresceu de 3,38% para 5,43%

. Investimentos em Saúde: porcentagem em relação ao PIB cresceu de 1,36% para 2,25%

. Mortalidade infantil, por mil crianças nascidas vivas: caiu de 21,4 para 13,9

. Crianças no pré-escolar: Aumentou de 44,4% para 60,6%

. Educação média: Foi de 26,9% para 41%

. Ensino Superior: Aumentou de 22,6% para 30,2% o número de matriculados

. Matrícula escolar e número de escolas. De 1921 escolas e 427,5 mil matrículas passou para 5500 mil escolas e 1,1 milhão de matrículas

. Programa de alimentação escolar: de 252,2 mil para 1,81 milhão de beneficiados

. Matrículas em escolas técnicas: de 31,4 mil para 203,9 mil

. Acesso a água potável: de 80% para 92% da população

. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), um indicador internacional medido pela Organização das Nações Unidas (ONU), em que 0 (zero) é o mínimo e 1 (um) o máximo, subiu de 0,691 em 1998 a 0.878, em 2007, o que significa um aumento de 33%.
Quem quiser mais números sobre a Venezuela (inclusive com gráficos comparativos ano a ano) clique aqui, para os indicadores sociais, e aqui, para os econômicos. São documentos em pdf.

Você, meu sagaz leitor, você, minha arguta leitora, já leu algum desses números na nossa grande, imparcial e democrática imprensa?

Leia também:

» Dois anos de governo Evo Morales. O que você nunca leu

» Por que demos e tucanos estão nervosos

» Taxa de mortalidade infantil em Cuba é menor do que nos EUA

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

31 comentários:

  1. Mello,

    A valorização do petroléo no mercado internacional, é mérito do Chavez?

    Com tanto dinheiro sobrando, se ele não fizesse tais melhorias, cá pra nós, seria muito ruim...

    ResponderExcluir
  2. Vlademir,
    não seja apressado. Baixe os arquivos que indiquei e compare. Ou você acha que só agora houve alta do petróleo no mundo? Ou que só agora a Venezuela descobriu o petróleo?
    Pesquise e compare os governos anteriores com o de Chávez, que, pelo menos, faz o lucro do petróleo chegar aos mais pobres. O que nunca - repito, nunca - acontecera antes na Venezuela.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo8.2.08

    Mello,
    nunca comentei aqui, mas seu blog é o melhor blog independente da internet brasileira.

    só tem uma coisa: dá para entender os números, mas... a mortalidade infantil ta em porcentagem ou por milhagem?
    outra coisa, acho que falta os universos em que se encontram as porcentagens da educação...
    abs

    ResponderExcluir
  4. Anônimo, grato pelas palavras e pela observação. A mortalidade infantil caiu de caiu de 21,4 para 13,9 crianças em mil nascidas vivas.

    ResponderExcluir
  5. Sim, a valorização do petróleo é mérito do Chávez. Antes dele, a Venezuela era o principal fura-quotas da Opep, sempre produzindo o que os EUA pediam. Chávez, além de restringir a produção à quota acertada com os sócios da Opep, ralou meio mundo para colocar a organização de volta à ativa, incluindo a entrada de novos sócios, como Angola.

    ResponderExcluir
  6. Chavez fez o que elite Venezuelana (semelhante a todas as elites sulamericanas) não fez: olhar para a nação. E o conceito de nação inclui o povo em sua definição.

    Agora números são números......algo para se debruçar e analisar. Aumento de PIB e melhoria da relação dívida/PIB em um país que 90% dele é oriundo do petroleo é meio jocoso.....o preço do barril saltou de 20 dolares para 100 de 1997 até hoje. Qualquer um que estivesse no poder iria ficar com esse número no curriculo.

    A pergunta é: isso tudo vale a pena em troca de não ter justiça (Chaves controla o supremo)? De ver um retrocesso de estatização para prover benécias a elite chavista - existe um elite chavista que mama na PDVSA e agora mama na empresa telefonica deles - Tá valendo ?

    Da mesma forma que eu fiz a pergunta para meus amigos: Vale a RCTV querer dar golpe (digo golpe pq afinal Chavez foi eleito, derrubar um homem eleito é golpe) e não querer perder sua concessão ?

    Como o Nizan Guanaes usou em sua célebre propaganda para a Folha de São Paulo, com o rosto de Hitler sendo focado pouco a pouco , enquanto o locutor falava de suas realizações como eliminação da dívida externa alemã, os quilometros de autobans construídos, os indices estratosféricos da produtiva e inovativa industria alemã - cito aqui a frase final do filme que ganhou o leão de ouro em cannes:

    "Existem várias maneiras de dar uma notícia, mas só uma para contar a verdade"

    outra coisa:
    "território livre de analfabetismo" declarado pela Unesco é de uma imbecilidade hercúlea.

    Desde quando a Unesco está na na Venezuela, realizando sensos educacionais (que custaria uma fortuna) que possibilitasse essa afirmação categórica de que "não há analfabetos na Venezuela" ?

    Que tal falarmos de uma discussão do momento de alto nível ? Fundos Soberanos.O que eles dizem que são e o que alguns países acham que eles são. Seria interessante pois o Chavez abriu um fundo soberano venezuelano.....

    ResponderExcluir
  7. Grande Mello,

    Bicho vou juntar dinheiro pra vc vir na minha cidade fazer uma palestra com alguns amigos e minha familia. hahaha Porque eles não tem acesso a esses tipos de informação e não acreditam quando eu defendo Chavez e me chamam de doido

    hahaha

    ResponderExcluir
  8. Anônimo8.2.08

    Acho muito frágil qualquer análise meritória sobre política baseada em estatísticas. Números mentem tanto quanto aqueles que os interpretam e analisam. Pra ficar no exemplo clássico, o milagre brasileiro dos anos 70.
    Por outro lado, se não duvidarmos das fontes, são dados importantes, com certeza.
    Mesmo assim, não aplaudo a política chavista, por qualquer aspecto.

    ResponderExcluir
  9. Se há algo de nazista na Venezuela são as inverdades repetidas à exaustão, ao melhor estilo Gobbels. E reproduzidas acriticamente mundo afora. O único caminho para a verdade é o contraditório. A verdade nua e crua é que Chavez, tal como Frei Betto percebeu que ocorria em relação a Lula, comanda o governo venezuelano, não o poder venezuelano. Nem todo mundo percebe isso.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Mello, seu blog é um luxo! Voltarei sempre por aqui, depois de ficar sabendo estes dados importantes sobre o Chavez. Estou indicando seu blog prá meio mundo. Continue, em frente, que atrás NÃO VEM GENTE, só cães ladrando. E nós, da caravana, passamos....

    ResponderExcluir
  11. Mello, é preciso lembrar aos esquecidos que aconteceram dois choques do preço do petróleo. O primeiro em 1973 e o segundo, em 1979, quando atingiu o valor de 70 dólares o bárril. Este valor, corrigido pela inflação do dólar é inclusive superior ao preço atual do petróleo. Pois bem, dito isso, e sem entrar no mérito da questão política bastante complexa, não consta que dos dois choques do preço do petróleo acima mencionados tenha resultado qualquer benefício para o povão venezuelano...Assim se isso está acontecendo efetivamente agora, fica claro que alguma coisa mudou para melhor.

    ResponderExcluir
  12. Marcelo, Patrick, Tania, José Orair, agradeço os comentários.
    Informar o que não se divulga de Chávez foi o que pretendi com a postagem. Exatamente como fizera com Evo Morales.
    Eduardo,
    a Unesco estabelece parâmetros, se o país se enquadra neles, é considerado livre do analfabetismo.

    ResponderExcluir
  13. Mello,
    Por favor, poderia informar qual é a fonte dos dados? Seria muito útil para podermos fazer um cotejamento contra outras notícias sobre Chavez.
    Grato.

    Amilton

    ResponderExcluir
  14. Anônimo9.2.08

    De acordo com o site da UNESCO, no ano de 2005, existiam em média 6% de analfabetos na Venezuela, o que dá uns 1,6 milhão de habitantes.
    http://stats.uis.unesco.org/unesco/TableViewer/document.aspx?ReportId=121&IF_Language=eng&BR_Country=8620&BR_Region=40520

    Ainda segundo o mesmo relatório, 40% da população da Venezuela vivia com menos de $2 por dia em 2003. Difícil crer que esta distância de mais de 30 pontos percentuais tenha sido eliminada em menos de cinco anos.

    Para fechar, o último relatório da ONU (2007) diz que a Venezuela teve um IDH de 0.792. O link para o relatório segue abaixo:
    http://hdr.undp.org/en/media/hdr_20072008_en_complete.pdf

    Mentiras repetidas mil vezes acabam assumindo ares de verdade...

    ResponderExcluir
  15. Anônimo (por favor, postem com um nome) que cita números:
    1. Não achei seu número sobre analfabetismo.
    2. A medida da ONU para extrema pobreza não é de dois dólares por dia, mas de US$ 1/dia (incrível, mas verdadeiro.
    3. O IDH a que você se refere é do ano de 2005, publicado no relatório de 2007.
    Concordo que mentiras repetidas mil vezes acabam assumindo ares de verdade... Por isso mentem tanto sobre Chávez, que teve a coragem de quebrar um acordão das elites que se revezavam no poder, numa troca de moscas para manter a...situação.
    Como diz o presidente Lula, o dado concreto é que Chávez mudou para melhor a vida do povão venezuelano, por isso ele se reelege e querem evitar que ele busque a reeleição novamente.

    ResponderExcluir
  16. Carlos Ribeiro10.2.08

    Olá Mello. Gosto do seu blog. É excelente na minha modesta opinião. Todos os dados positivos a respeito do desenvolvimento promovido por HC (o que já foi feito), não justificam sua falta de respeito para com os dirigentes de outras nações nem o interesse em se perpetuar no poder, para não falar na arrogância com que se dirige a todos, venezuelanos ou não.
    Continue fazendo sucesso.

    ResponderExcluir
  17. Os dados sobre IDH não estão corretos. O último relatório da ONU, que é o de 2007 apresenta 0,792 como IDH da Venezuela.
    E é o relatório mais recente.
    http://hdr.undp.org/en/media/hdr_20072008_en_complete.pdf

    Portanto, qual a fonte desse IDH de 2007 se ele só será publicado em 2009? Será que é um dado da ONU mesmo ou um dado do Instituto de Estatística da Venezuela?

    ResponderExcluir
  18. O último relatório da ONU sobre IDH:
    http://hdr.undp.org/en/media/hdr_20072008_en_complete.pdf

    IDH da Venezuela: 0,792.

    ResponderExcluir
  19. Kodai,
    o relatório a que você se refere informa o ano: 2005.
    Infelizmente, não pude descobrir a fonte.

    ResponderExcluir
  20. Nelson14.4.08

    Mello,

    Apesar de haver, pelo que li nos comentários, certa confusão com relação ao último IDH (2005/2007), o IDH apresentado como referente ao ano de 1998 não está, aparentemente, correto, pois, segundo o portalbrasil.net, esse índice era de 0,770, da mesma forma apresentado pelo site frigoletto.com.br na parte que trata da evolução dos IDH entre 1975 e 2000.

    O complicado é que a partir do momento que um índice é apresentado de maneira equivocada, você passa a questionar todos os demais (os demais índices apresentam uma maior dificuldade de verificação na rede). Espero uma resposta, apesar do atraso no comentário em relação a sua postagem.

    Fontes:
    http://www.frigoletto.com.br/GeoEcon/menuecon.html
    http://www.portalbrasil.net/americas_venezuela.htm

    ResponderExcluir
  21. Guilherme17.8.09

    A última classificação do IDH, publicada no final de 2008 com dados referentes ao ano de 2006, mostra a Venezuela com índice de 0,826, à frente de Brasil (0,807), Rússia (0,806) e os capachos Peru (0,788) e Colômbia (0,787). Os países latino-americanos mais bem posicionados são Chile (40º; 0,874), Argentina (46º; 0,860), Uruguai (47º; 0,859) e Cuba (48ª; 0,855).

    Apesar da discordãncia dos valores, é inegável a evolução rápida da Venezuela no IDH e outros índices, principalmente sociais.

    ResponderExcluir
  22. ótimo post mello , foi a primeira vez q visitei e com certeza estarei aqui mais vezes . me interesso bastante pelas questões sulamericanas e a politica exterior que as rodeiam , devo confessar que não sabia de todos esses números , mas nas questões que englobam o petroleo e a educação venezuelana conduzida por chavéz sempre tive uma opinião positiva . gostaria da sua opinião sobre as repressões de que a comunicação social e parte da oposição sofre , eu pesquisei bastante sobre os motivos que levaram aos recentes encerramentos de varios canais de comunicação e fiquei revoltado com isso e com os motivos absurdos que o governo anunciou os encerramentos , gostaria de saber sua opinião , até porque somos jornalistas ( eu ainda estudante ) .tenho uma grande amiga venezuelana aqui em portugal e pelo que ela me descreve , mesmo com todos esses números , o descontentamento da população cresce . mello , achas que com esse bloqueio comercial e as estatizações , a venezuela será prejudicada de alguma forma? muito obrigado e desculpe se falei alguma coisa incoerente aqui , me chamo igor reis e estou no segundo ano de jornalismo na universidade de coimbra .

    ResponderExcluir
  23. Igor, procure alguma informação na internet sobre um senador brasileiro chamado José Sarney. Depois que você estiver a par de sua biografia, esteja ciente que ele é proprietário de diversas rádios e tvs e faz uso político delas do jeito mais mesquinho e pequeno possível, de forma a manipular a opinião pública. Pronto, agora você já pode ter uma pequena ideia de quem são os arautos da liberdade de expressão na Venezuela.

    ResponderExcluir
  24. obrigado pela sugestão patrick . embora em vão , por que eu sou maranhense e já morei em macapá e sei das peripécias do sarney , a sua sugestão é valida para quem busca informação sobre o cenário da comunicação e seus dominios dentro do Brasil , do Sarney eu sei que poso esperar das mais porcarias possiveis . mas a minha pergunta é sobre o que um jornalista pode achar desse braço de ferro chavista , os numeros nao negam , o crescimento é evidente , mas essa repressão é um tapa na cara das pessoas q tem opiniões diferentes e que nao podem demonstra-las atraves dos meios de comunicaçao venezuelanos , aí é que está o diferencial , no Brasil , embora saibamos desse dominio todo , nao só do sarney , mas de varias elites ( a globo é um exemplo ) os mais interessados podem procurar e achar um sistema de oposição que diverge e não sofre repressões violentas como acontece na vanezuela , há o "cala boca ?" , claro que existe sim , mas o que acontece na venezuela atualmente , a imprensa brasileira sofreu na ditadura e afins . hoje em dia isso nao acontece e poodemos sempre buscar informação . entendeu o que eu quis dizer ? venezuela não é Brasil ! pelo menos por enquanto . apesar de ter saído do contexto do assunto obrigado pela resposta , embora que de sarney eu já to farto!

    ResponderExcluir
  25. Nesse aspecto, Venezuela = Brasil, Família Cisneros = Família Sarney, RCTV = TV Mirante.

    ResponderExcluir
  26. mas o sarney nao tem o poder ( ainda ) pra reprimir com violência e encerrar orgãos de comunicação opositores quebrando atos constitucionais .
    mas gostei e concordo sobre o RCTV = MIRANTE

    ResponderExcluir
  27. Como não? Sarney, só em anos recentes, cassou dois governadores (o do Amapá e o do Maranhão) e forçou a aposentadoria de um juiz que resolveu dar cidadania aos habitantes de sua comarca. Para não falar de outras coisas que não chegaram ao nosso conhecimento. Isso não é violência? E as crianças que estão morrendo por falta de atendimento básico de saúde ou falta de saneamento por ele ter aparelhado o serviço público no Maranhão, quem chora por elas?

    ResponderExcluir
  28. o que tas a falar é verdade sim , mas esta fora do contexto das coisas de que perguntei meu caro amigo . vou tentar ser claro pra entenderes : estou ciente sim dos dois governadores que sarney mandou cassar ( que por sinal eram farinha do mesmo saco que ele ) , estou falando violência no encerramento a força bruta de orgaos da oposição venezuelana , um " cala boca " geral ordenado por HC , nesses anos em que sarney reinou ( e reina ) nunca as ideias da oposição se tornaram inacessiveis para mim . ao contrario , sempre frequentei lugares e orgaos de oposiçao livremente , acho que sobre isso o meu caro amigo tem que concordar comigo . A atual situação em que o Maranhão se encontra no cenário brasileiro , isso sim tens razão e concordo , um estado que tem um só dono ! que tinha tudo para ser uma das grandes econ omias do nordeste e foi estragado pelo clã .

    ResponderExcluir
  29. meu caro amigo , acho que você está um pouco mal informado ou então acredita na primeira revista antigoverno que lê .vamos por pontos : joão capiberibe ( amapá ) fez o que quis com o estado mais esuqeçido do Brasil , reinou absoluto assim como sarney reinou no maranhão , ladrão por ladrão , perdeu o menos influente . no Maranhão , jackson lago era um antigo parceiro de sarney , até estranhei por que os dois eram amissisimos , ou seja , tudo farinha do mesmo saco , jackson lago tambem e dono de varias radios e ajudou bastante o Maranhão a afundar e chegar na situaçao que se encontra hoje , Maranhão é reino de sarney , mas um clã que se aproveitou durante varios anos , cafeteira , o lobão ( que eu nem sei o que ele faz como ministro das minas e energias sendo que nem curso pra isso ele tem ) , jackson lago e o mais poderoso que diz como a banda deve tocar e o quanto devem roubar , SARNEY . eu apenas começei aqui com uma pergunta sobre a viol~encia direta e o total disparate com que e encerrado orgaos de oposiçao , sarney e dono de radios ? claro que sim , mas no maranhão eu sempre tive total acesso para me juntar aos meios de oposição , tanto que frequentei-os e nunca fui e nem vejo serem alvos de violência e serem encerrados , acho que o panorama que se encontra a imprensa venezzuelana e a brasileira é totalmente diferente e não se entra nem em discussão.

    ResponderExcluir
  30. http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20101004/not_imp619861,0.php

    Do link acima refiro (a relidade é esta pura e dura):

    "Apenas pelo socialismo nós sairemos da miséria", afirmou o presidente. "Estou dedicado e decidido a aprofundar a revolução socialista e bolivariana." As declarações de Chávez são feitas uma semana depois das eleições legislativas para a Assembleia Nacional, nas quais seu partido ganhou por uma pequena margem, obtendo 48,9% dos votos e a oposição, 47,9%.

    Apesar da riqueza do petróleo, a economia da Venezuela continua a encolher. Enquanto a maioria dos outros países da região começa a se recuperar da crise econômica global, a situação venezuelana piora, com índices de inflação chegando a cerca de 30% ao ano. / AFP, REUTERS e EFE

    ResponderExcluir
  31. Anônimo7.3.13

    Prezado Mello,

    Alguns índices apresentados aqui podem ser contrapostos com dados de outras fontes.

    Fiz uma rápida pesquisa no "Google Public Data Explorer" a respeito de alguns índices e coloco aqui os links com os gráficos comparativos entre Brasil e Venezuela. Podem-se notar algumas discrepâncias com o teu texto.

    Taxa de alfabetização: pelo gráfico, não se vê um impacto na entrada de Chávez, apenas a continuação da tendência.
    http://goo.gl/qTkJT

    Desemprego: pelo gráfico, Chávez pegou o país com 11% de desempregados, tal número subiu dentro de seu governo chegando a 16,8% em 2003 e só depois caiu a 6,9% em 2008, voltando a subir para 7,6% em 2009.
    http://goo.gl/bW272

    Educação: pelo gráfico, os investimentos em educação só caíram desde 1994 (5,17% do PIB) chegando a 3,63% em 2007.
    http://goo.gl/FRsC8

    Saúde: pelo gráfico, os gastos de saúde subiram de 3,86% em 1997 para 6,02% em 2009, voltando a cair para 4,91% em 2010.
    http://goo.gl/xCAuc

    Mortalidade infantil: pelo gráfico, o número de crianças mortas antes de completar 5 anos manteve a tendência histórica, ou seja, não houve um impacto com a entrada de Chávez.
    http://goo.gl/XBSmW

    IDH: de acordo com os relatórios da ONU, a Venezuela tinha IDH de 0.770 em 1998 e de 0.735 em 2011, ou seja, uma queda de 4,5%.
    Relatório 2000 com tabela de 1998: http://goo.gl/cT8nS
    Relatório 2012 com tabela de 2011: http://goo.gl/YU190

    Espero ter contribuído para a discussão.

    Abraço.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.