domingo, 31 de agosto de 2008

O pretenso grampo da ABIN no gabinete do presidente do STF


Por que a ABIN grampearia Mendes, se por mais que descobrissem algo gravíssimo sobre ele, não seria nada, comparado ao fato de ter sido grampeado o presidente de um dos Três Poderes? Se descobrissem, por exemplo (e não estou insinuando nada), que o ministro é pedófilo, gay e pratica um canibalismo estilo Bokassa, ainda assim ficaria pior o governo por tê-lo grampeado. A revelação da existência do grampo encobriria o conteúdo do que viesse a ser divulgado.

Admitindo-se que o governo grampeasse o ministro apenas para obter informações de seu interesse, sem divulgá-las, vem a seguinte pergunta: Precisaria o governo grampear o presidente do STF para saber o que ele pensa, que apito toca, que camisa veste, se isso está claro, claríssimo, em toda a trajetória de Gilmar Mendes, desde antes de ser ministro do Supremo, quando foi advogado-geral da União no governo FHC e defendeu tudo aquilo que foi praticado no “limite da irresponsabilidade”? O que descobriria de novidade, que não estivesse contido no já famoso artigo do jurista Dalmo Dallari?

Pra finalizar: que diabo de grampo é esse que, ao final, vaza para a Veja um diálogo entre Mendes e Demóstenes Torres, um dos principais senadores oposicionistas (ambos recentemente envolvidos até o pescoço com o caso Daniel Dantas), onde os dois saem na fita de tal modo puros, pios, honestos e angelicais, como se fosse um copy & paste de um diálogo entre o papa e madre Teresa de Calcutá?...

No entanto, como era de se esperar, no dia de hoje nossa mídia corporativa só trata disso, aparentando surpresa e indignação, quando está apenas repetindo o velho esquema: a Veja solta a pretensa bomba, o JN repercute, os jornalões reproduzem no domingo e durante a semana suítam. Depois o assunto vai sumindo para as páginas internas, até cair no esquecimento, cumprindo assim sua motivação essencial, que não é buscar a verdade, nem ao menos esclarecer algo, mas apenas vender jornal, revista e espaço publicitário - aquilo que Ali Kamel chama de “jornalismo independente”.

Clique aqui para ler as notícias de hoje do Blog do Mello

Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

22 comentários:

  1. Sofista31.8.08

    É isto aí Mello!
    Não nos enganam não é mesmo?
    Leu na VEJA?
    Azar de quem leu.

    ResponderExcluir
  2. Perfeito, Mello.

    ResponderExcluir
  3. João Bautista31.8.08

    Muito bom o post. Faz pensar. E olha que sou direitista.
    João Bautista

    ResponderExcluir
  4. Bruno31.8.08

    Mello,

    Pensei a mesma coisa que vc quando vi o dialogo: quanto fui injusto com o Gilmar Mendes!!! hehehehe
    Piada.

    ResponderExcluir
  5. "Veja solta a pretensa bomba, o JN repercute, os jornalões reproduzem no domingo e durante a semana suítam. Depois o assunto vai sumindo para as páginas internas, até cair no esquecimento": GARANTIA JURIDICA DE IMPUNIDADE! GARANTIA JURIDICA DE IMPUNIDADE! GARANTIA JURIDICA DE IMPUNIDADE! GARANTIA JURIDICA DE IMPUNIDADE! GARANTIA JURIDICA DE IMPUNIDADE! GARANTIA JURIDICA DE IMPUNIDADE! GARANTIA JURIDICA DE IMPUNIDADE! GARANTIA JURIDICA DE IMPUNIDADE! GARANTIA JURIDICA DE IMPUNIDADE!

    ResponderExcluir
  6. Teresinha Carpes1.9.08

    Esta cara de menino emburrado,não me engana viu Dr Gilmar Mendes?O senador Demóstenes Torres costuma gravar seus telefonemas,tem secretária eletrônica...alguém vendeu para a Não-Veja,nesta época êles andam a cata de dinheiro,para gastar nas eleiçoes.Quem será que mandou alguém vender?Esta história eu li em um Blog,de um comentarista,ddisse êle,que o Sendor Demóstenes Torres costuma gravar os telefones que recebe,e que êle próprio dá...

    ResponderExcluir
  7. Anônimo1.9.08

    Taí o motivo porque a veja e cia atacam Lula agora, proximo das eleições:
    Com 49% de aprovação em São Paulo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva atingiu popularidade recorde na cidade e se mostra hoje um importante "cabo eleitoral" para sua candidata à prefeitura da cidade, Marta Suplicy (PT). Entre os eleitores que aprovam seu governo, 52% dizem que pretendem votar na ex-prefeita, mostra pesquisa Datafolha realizada na sexta-feira.

    ResponderExcluir
  8. Com 49% de aprovação em São Paulo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva atingiu popularidade recorde na cidade e se mostra hoje um importante "cabo eleitoral" para sua candidata à prefeitura da cidade, Marta Suplicy (PT). Entre os eleitores que aprovam seu governo, 52% dizem que pretendem votar na ex-prefeita, mostra pesquisa Datafolha realizada na sexta-feira.

    ResponderExcluir
  9. cabra macho1.9.08

    Que coisa feia grampear um homem honesto como o Gilmar Mendes!

    ResponderExcluir
  10. Manojo2.9.08

    Dia 1º de setembro: dia em que terminou melancolicamente, o mandato do presidente Lula. Mandato referendado pela maioria dos eleitores brasileiros que foram traídos pela renúncia branca do Sr. Lula, hoje apenas um simples brasileiro sob a chibata dos facínoras poderosos. Fica, porém a pergunta: quem é o presidente do Brasil? Agora que está decretada a vacância do cargo. Seria o Gilmar Mendes? O Temóstenes? O Cívita? O Frias? O Mesquita? Na realidade penso que todos eles, incluindo o dito ex-presidente que tinha, quer dizer, que tem medo, são servidores do verdadeiro e de fato PRESIDENTE DO BRASIL: DANIEL VALENTE DANTAS.

    ResponderExcluir
  11. Flavio Médici2.9.08

    Essa é apenas mais uma da série "Uma crise, criada pelo PIG, para derrubar o presidente Lula, mas que na verdade só apurrinha".
    Lembram das outras. Ajuda aí:
    Febre Amarela,
    Febre Aftosa
    Caos Aéreo,
    Inflação
    Sei lá! tem mais, só não lembro agora.

    ResponderExcluir
  12. Crica2.9.08

    Alguém ainda acredita no porquinho Chapecó?
    Menos só na Veja.

    Como sempre, preciso, Mello!

    ResponderExcluir
  13. Anônimo3.9.08

    Advinhe qem escreveu essa?

    02/09/2008
    Pulga atrás da orelha

    Há um detalhe na escuta clandestina vazada para a Veja que intriga o governo: o diálogo entre o presidente do STF, Gilmar Mendes, e o senador Demóstenes Torres (DEM) era bom para os dois. Teria sido divulgado se fosse ruim?

    Postado por Roberto Jefferson às 12:11
    [2 Comentários] [Envie esta mensagem]

    Inté
    Murilo

    ResponderExcluir
  14. Manojo,
    menos, menos... Não leve o PHA tão a sério. Nem ele faz isso.

    ResponderExcluir
  15. Anônimo3.9.08

    Peguei essa de um leitor (Jorge) do blog do Nassif

    O que me causa indignação é saber que um presidente da república pode ser chamado às falas, um general com status de ministro de estado pode ser chamado a se explicar quem fez, quem não fez. O Dr. Lacerda é afastado e vai ter que se explicar, ministro do Supremo acusa, mas a revista que teria recebido a tal gravação nada.... um presidente é chamado às falas sem prova cabal, explícita, de sua responsabilidade, mas o jornalismo pode tudo. Ele não tem que explicar nada. Ele cria uma crise institucional séria com ilações, até agora, e os outros que se expliquem. Sim, ilações, porque não provaram nada até agora. Se foi a ABIN, tem que dizer os nomes, tem que mostrar as provas. Tem que dizer quem entregou a fita. Tem que provar que a ordem foi dada na ABIN. Essa estória de sigilo da fonte é conversa fiada. Não é o grampo descontrolado que está bagunçando este país.
    É o jornalismo descontrolado.
    O jornalismo que é policialesco.
    O jornalismo irresponsável que acha que pode mais que a Lei, que a Constituição, que um presidente, que um juiz, que um país inteiro.

    ResponderExcluir
  16. Dirck3.9.08

    Eu chamo de JORNALIXO essa coisa toda que veja e seus pares veiculam com o único intuito de desacreditar aquele que já é o melhor presidente que já tivemos, desde Getúlio Vargas.

    ResponderExcluir
  17. O que ninguém comentou ainda é que talvez este grampo não tenha sido ilegal. Talvez ilegal tenha sido apenas o vazamento, tal como foi o caso do 'dossiê das contas B do FHC'.

    Esta escuta pode ser muito bem parte de alguma investigação da PF em cima do Demo Demóstenes. Todos sabem que ele é um dos vendidos ao DD, então nada mais natural do que a PF também estar monitorando suas ligações.

    Já sabemos que existe algum traidor na PF, pois alguém de lá vazou pra Globo quando seria a prisão do Pitta. Se este mesmo personagem vazou pro Demo Demóstenes que ele estava sendo alvo de escuta e disponibilizou uma transcrição ao criminoso, é só este rapaz montar o cenário com a Veja e pronto, tentar desmontar toda a investigação Sathiagraha (já pediram a quebra do sigilo, por sinal).

    Ninguém avalia isso não?

    ResponderExcluir
  18. silvano4.9.08

    Os dois não merece o respeito dos cidadões de bens deste grande Brasil. Um é puro demônio vendido a Dantas e o outro Juiz 24 horas a disposição do banqueiro.

    ResponderExcluir
  19. A gravação do Senado

    http://colunas.g1.com.br/cristianalobo/

    cristiana lôbo

    Central de telefone

    Quem telefona para o número central do Senado (61 - 3311.4141) é atendido por um sistema eletrônico que pede o gabinete ou o setor com o qual você deseja falar. Você responde e, ao transferir a ligação para aquele ramal, a gravação informa: “para sua segurança, a partir deste instante, sua ligação está sendo gravada”.

    É daí que alguns suspeitam que tenha saído o grampo no telefone do presidente do STF, Gilmar Mendes. Ele retornara a ligação do senador Demóstenes Torres (DEM-GO) por meio da secretária - a reportagem da revista Veja não diz se ele retornou para o celular do senador ou para o gabinete.

    Por isso o general Jorge Félix teria afirmado que a gravação pode ter partido do Senado. Afinal, todas as conversas pelo telefone de ramal são gravadas “para segurança” do interlocutor. Agora, para onde vão as milhares de fitas com o conteúdo das conversas, é que é preciso saber. Se dali entra num comércio, como dizem outros.

    ResponderExcluir
  20. Nelson Canesin4.9.08

    E as outras "denúncias" da Veja? Os dólares de Cuba para a campanha de Lula. As contas secretas de Lula e Marcio Thomas Bastos. A Veja não provou nada e tudo ficou por isso mesmo. Vai ser a mesma coisa com esse grampo. Aliás, as tais contas secretas publicadas por Veja - é sempre bopm lembrar - foram forjadas por Daniel Dantas.

    ResponderExcluir
  21. O jornalista Luis Nassif publicou em seu blog um artigo no qual comenta as três hipóteses que circulam na praça para o caso dos grampos: a de que o grampo saiu da Abin, a de que o grampo partiu do Senado e ainda a de que a escuta ilegal foi promovida por terceiros. Para Nassif, a revista Veja, que recebeu e divulgou as informações, tem a resposta para o enigma. "Minha convicção continua sendo a de que essa gravação foi uma armação", diz Nassif. O jornalista também lança uma suspeita no ar, ao lembrar do nome do araponga Jairo Martins "habitual fornecedor de grampos para a Veja".

    ResponderExcluir
  22. Interessante seu ponto de vista a respeito desse assunto. Infelizmente vivemos em uma sociedade onde a hipocresia de uns e a miopia da maioria impede que fatos concretos sejam levados a sério e investigado. Bem, o que poderia se esperar de um país onde o sr. Presidente da República se dá ao luxo de ser comentarista de futebol? Parabéns pelo seu artigo. Sou cúmplice desse seu ponto de vista!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.