quinta-feira, 7 de abril de 2011

Quem disse que os militares não comemoraram o golpe de 64 este ano?


Comemoraram, sim. Em casa. Na Academia Militar das Agulhas Negras, segundo email divulgado em um blog. Confira:
De:
Para:
Assunto: Não houve comemoração do 31 de março na AMAN
Enviado: Sab 02/04/11

Não houve comemoração do 31 de março na AMAN, mas a cadeira de História da Academia Militar das Agulhs Negras deu uma aula para todos os oficiais, cadetes e praças sobre esse evento histórico.
Foi uma aula sensacional. O professor, oficial de Intendência - formado em História e em Direito – fez uma pesquisa muito trabalhosa e interessante: trouxe fotos da época, páginas de todos os jornais que cobriram a história do país de 1935 – cobrindo a Intentona Comunista - até 1984.
As fotos e as páginas e manchetes de jornais e revistas mostraram os FATOS e como esses acontecimentos foram vistos pela população.
Não sei onde ele conseguiu fotos da população aplaudindo as tropas que se deslocavam para o Rio, nem onde conseguiu as fotos, reportagens de rádio e vídeos - inclusive discursos do Brizola pedindo que os sargentos invadissem as reservas de armamento e matassem os oficiais... Teve discurso do Jango na Central do Brasil, no comício em que ele DECRETOU a expropriação de fazendas ao longo das rodovias, determinou que o governo iria dizer quanto valeria o aluguel de casas e aptos, o que praticamente abolia o direito de propriedade.
OUVIMOS vários discursos feitos no rádio - principal meio de comunicação social da época... palavras que não podem ser DESMENTIDAS...
Uma pesquisa EXCELENTE... Praticamente ele não falou nada, apenas MOSTROU à nossa juventude militar o que realmente ocorreu, por meio de filmes, fotos, gravações, manchetes e artigos dos jornais e revistas ELOGIANDO o que estava ocorrendo... Tudo documentado com IMAGENS e SONS ao vivo da época - não dá para desmentir!
Mostrou fotos e arquivos dos que foram fazer cursos na CHINA, ainda em 1961... Mostrou fotos de corpos, carros, agências bancárias e quartéis, vítimas dos atentados terroristas... Muitas e muitas fotos e manchetes de jornais e revistas da época CONDENANDO os atentados...
Mostrou que os atentados iniciaram ANOS antes do AI 5 – a esquerda diz que o terror foi reação ao AI 5... Mostrou fotos de ex-terroristas justiçados pelos próprios "cumpanheros"... Mostrou fotos das grandes obras do período militar... Apresentou dados do próprio IBGE - órgão do governo (insuspeito) sobre os índices do progresso que o Brasil teve em todas as áreas...
A aula está disponível na Sec de História da AMAN, mas fica difícil enviar por e-mail - muito "pesada". Vou tentar obter, repartir a aula e enviar em partes de um MEGA... Foi uma AULA! Não foi palestra, nem formatura comemorativa de nada.. Não houve comemoração nem também crítica a ninguém... só foram apresentados artigos, fotos e gravações do que foi divulgado pelos meios de comunicação social da época.
Foi emocionante ver a juventude militar prestando atenção em tudo...

Assim como eles dizem que "as fotos e as páginas e manchetes de jornais e revistas mostraram os FATOS", sem mencionar que o país vivia sob censura e os FATOS exibidos eram somente aqueles permitidos ou divulgados, ou seja, eram tudo menos os FATOS, pois esses estavam censurados, fica claro que quando eles repetem que não houve comemoração alguma, que não era uma festa, mas se regozijam, se rejubilam, comemoram, temos que entender que realmente, de FATO, houve uma festa em comemoração ao golpe civil-militar de 1964, aquele que o documentário "O Dia que Durou 21 anos" mostra que foi gestado, parido, coordenado e comandado pelos Estados Unidos. Confira:


.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...