terça-feira, 3 de março de 2009

Yeda Crusius, enfim, reage: Toma avião e vai a SP reclamar de jornalista


A governadora do Rio Grande do Sul, a tucana Yeda Crusius, resolveu reagir à onda de denúncias contra ela e seu governo. Mostrou provas de sua inocência, entrou com processo contra o Psol? Nada disso. Ela continua sem responder às acusações do Psol (diz apenas que são fatos requentados), nem entra na Justiça contra o partido para que prove as acusações contra ela (“Só espero que algum dos acusados entre na Justiça para pedir ‘exceção de verdade’ e mostrar as provas contra eles” – Pedro Ruas, vereador de Porto Alegre e advogado do Psol).

Já que não tem como mudar as notícias, Yeda Crusius quer mudar noticiário... Como a mídia corporativa gaúcha “tá toda dominada” (leia Blogueiros gaúchos têm razão: RBS é a pior do Brasil), Yeda pegou o avião e foi para São Paulo. Mais precisamente à Folha de S.Paulo para – no melhor estilo José Serra - pedir a cabeça de Fernando de Barros e Silva. Pelo menos é o que dá a entender a abelha-rainha do jornalismo gaúcho, editora-executiva do Zero Hora, Rosane de Oliveira, em seu blog:

Yeda viajou a São Paulo para fazer uma visita ao jornal Folha de S.Paulo. A governadora está incomodada com um artigo do jornalista Fernando de Barros e Silva, que faz fortes críticas ao seu governo.

Fernando de Barros e Silva é aquele jornalista que, mesmo sendo editor de Brasil da Folha, criticou o famoso editorial do jornal que qualificou de ditabranda a ditadura brasileira, “Ditabranda é demais!”.

O mesmo Fernando escreveu um artigo cobrando explicações da governadora Yeda Crusius, na segunda-feira de carnaval:

Sempre que confrontada com sua gestão chocante, a governadora Yeda Crusius costuma responder que promove um verdadeiro choque de gestão no Rio Grande do Sul. Acumulam-se os descalabros à sua volta, mas ela, alheia a tudo, apenas repete que está pondo ordem na casa.

Aqui, Fernando aproveita para dar uma espetada no governo Lula também, para não perder o vínculo com a Folha:

Há alguma semelhança formal entre o autismo da tucana gaúcha e o cinismo do governo Lula. Quando postos diante do mensalão, dos aloprados, do dólar na cueca ou da capitulação ao jeito PMDB de politicar, o PT responde: 84% de popularidade -vai encarar?
Diferentemente de Lula, que foi blindado pelas máquinas governamental e partidária quando, em 2005, a descoberta da roubança o ameaçou...

Agora, ele volta a Yeda:

Yeda parece, além de perdida, politicamente isolada. Serra e Aécio, as estrelas do partido, têm problemas demais (sobretudo entre si) para se preocupar com o cadáver de um ex-secretário da tucana que, demitido sob suspeita no ano passado, apareceu na última semana boiando no lago Paranoá.
A essa morte ainda não esclarecida vêm se somar as denúncias de que gravações em vídeo reforçariam as evidências de corrupção no primeiro escalão do governo Yeda, agregando detalhes a escândalos já conhecidos e revelando outros.
Desconte-se o fato, nada desprezível, de que o PSOL não apresentou provas do que disse. E lembre-se de que Luciana Genro, a amiga de Protógenes, é filha de Tarso, muito interessado na sucessão gaúcha.
Nascido como uma costela ética do PT, o PSOL tornou-se o grilo falante da esquerda ressentida. A jiboia do lulismo já o engoliu.

Agora, Fernando amplia o arco e mostra o que tem sido o jeito tucano de governar pelo Brasil:

Nada disso, porém, deve servir de alívio à frágil Yeda Crusius. Ela corre o risco de se tornar o emblema maior do desastre político-administrativo do PSDB, tendo como concorrentes a ruinosa Alagoas do governador Téo Vilela e o ex-governador da Paraíba Cássio Cunha Lima, recém-cassado pelo TSE. Isso para não lembrar de Ivo Cassol (RO), o ex-tucano "hors-concours".

Por causa deste artigo de Fernando de Barros e Silva, Yeda foi para SP, segundo a abelha-rainha, no mesmo link anterior:

Daqui a pouco eu vou para outra boa briga para mostrar, em outro cantinho do país, que não é aquilo que eles estão escrevendo, mas tenho de mostrar o que é, de maneira que nos deem um pouquinho mais de paz.

Por que, em vez de mostrar “em outro cantinho do país” a governadora não esclarece tudo de uma vez à população do estado que a elegeu? Por que não processa o Psol e exige que eles apresentem as tais provas?

Fato é que, em vez de buscar esclarecer as acusações, Yeda, habituada ao gentil convívio com a colméia gaúcha, quer mudar o noticiário em outros estados.

Só não precisa se preocupar com o Rio, pois O Globo até hoje não deu uma única linha sequer sobre as acusações contra o governo Yeda.

Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Guina3.3.09

    O governo de Yeda, se não fosse a omissão da mídia, já teria ruído há muito tempo.
    Lamentável para o povo do Rio Grande.
    Guina publicou um post sobre... Desculpas Para Leitores Tucanos

    ResponderExcluir
  2. Pelo exposto até agora, fica muito claro o caráter gerencial do tucanato - seja gaúcho ou de qualquer pedaço de chão deste Brasil. A prática do desmonte estatal é a mesma e com a mesma fúria. Agora, tenhamos todo cuidado pra não entrar nas picuinhas cujo único objetivo é diversionar e fazer esquecer as reais conseqüências do atos nefastos dessa corja.

    ResponderExcluir
  3. Só uma pergunta: quando um governador viaja para outro estado não tem que haver um motivo, uma inauguração, uma solenidade, algo oficial, etc? Isso soa muito estranho mesmo. Isso é sinal de que a coisa tá feia lá no RS?

    ResponderExcluir
  4. Tem gente que não se dá conta que a lâmpada queimou. A lâmpada dessa mulher queimou, só sobrou a "pantalha" do abajur!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.