quinta-feira, 10 de abril de 2008

Manipulação de foto na IstoÉ é um retrato de corpo inteiro da mídia corporativa


Eu sabia que a “grande imprensa” é manipuladora e serrista, e já mostrei isso aqui (Ato falho de Cristiana Lobo mostra que Globo já elegeu Serra) num incrível ato falho da jornalista Cristina Lobo, da Globonews.

Mas, quando recebi há alguns dias, via e-mail, um comunicado de que a revista IstoÉ havia manipulado descaradamente uma foto, retirando o nome do governador Serra de uma pichação numa placa de trânsito, fiquei em dúvida. Pensei que não era possível que chegassem a tanto.

Li que a imagem era de propriedade do grupo Folha e resolvi esperar para confirmar, antes de postar qualquer coisa aqui no blog. Mas hoje a Folha confirmou a manipulação grotesca, irresponsável, criminosa, feita pela revista IstoÉ.

Repare a foto verdadeira, esta aqui, onde se lê: Fora Serra. MST. MAR



Agora, a foto que foi publicada, sem o “Fora Serra”.



Depois disso, julgue você, se ainda se pode falar em impessoalidade da mídia, em reportagem isenta, quando se trata de nossa mídia corporativa.

A reportagem da Folha de hoje dá a versão da IstoÉ para a manipulação:

Em e-mail enviado ontem à Folhapress, agência de notícias do Grupo Folha, o editor-executivo da agência IstoÉ, César Itiberê, confirmou a adulteração e pediu desculpas. "Houve realmente manipulação por photoshop [programa de computador] da imagem dos sem-terra, com intenção absolutamente estética." Ele afirmou, por telefone, que "não houve nenhuma ordem [superior], nenhuma orientação política, nenhum dolo. Houve um mal-entendido".

Quer dizer que ele tirou o “Fora Serra” com intenção absolutamente estética... É muita cara de pau.

Esteticamente falando, a mensagem que fica é que a IstoÉ, que já estava no fundo do poço, depois dessa JáEra...

A foto manipulada é um retrato da mídia corporativa

Mas a manipulação não ocorre só na moribunda não. Ainda outro dia, a revista Época (das Organizações Globo) confessou que manipulara desavergonhadamente uma fotografia de Hugo Chávez colocada na capa.

Na França, uma revista retirou as “gordurinhas” (pneus) de Sarkozy, que remava sem camisa num lago.

Não tenho nada contra o Photoshop, mas será que isso é jornalismo? Claro que não.

O que a foto violada denuncia é a manipulação maior que acontece diariamente na edição das notícias, onde o que é do governo Lula é visto com uma lupa, enquanto os acontecimentos que envolvem governantes demotucanos, especialmente Serra, são minimizados, abafados e agora até apagados...

Utilizando o método Kamel, podemos testar hipóteses:

Algo a ver com o inchaço da verba publicitária do governo de SP com Serra? Com a vitória mais uma vez das três agências de propaganda que há anos cuidam da propaganda dos governadores tucanos em SP e ao mesmo tempo de suas campanhas políticas, numa promiscuidade pra lá de comprometedora?

Ou a mídia é assim, porque Eles dizem defender a democracia, mas adoram um golpe?

Com a palavra, você, leitor.

Leia também:

» Por que grande mídia silencia sobre denúncias de Nassif contra Veja

» ‘Grande imprensa’ seqüestra e mata

» No Jornal Nacional, cratera do metrô de São Paulo pariu um bebê

» Se é do governo, Jornal Nacional critica


Para votar no Blog do Mello no Ibest clique aqui

Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail

imagem RSSimagem e-mail

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Eu acho que faz sentido tirar o Serra da foto por "questões estéticas"...cá pra nós, o cara não é nenhum chuchuzinho!

    ResponderExcluir
  2. Jorge11.4.08

    Mello, o que dizer dessa mídia corporativa de direita: é mentirosa, hipócrita, arrogante, mesquinha, golpista, criminosa, mafiosa, corrupta, corruptora, anti-ética... Na verdade, não espero mais nada de bom dessa mídia, que instalou uma verdadeira ditadura midiática neste país e vive hipocritamente falando em liberdade de imprensa e de expressão. Sei que hoje há milhares, talvez até milhões que, como eu, desejam o fim dessa mídia, dessa imprensa. Que fique bem claro, não desejo o fim da imprensa, que é fundamental à democracia, mas o fim desse tipo de mídia e de imprensa, porta-voz e representante de uma diminuta elite endinheirada, que só traz embaraços e prejuízos ao país e à quase totalidade do povo.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo11.4.08

    no governo de Zé Araponga Serra a editora Abril/Veja vai decidir sobre conteúdo das escolas,...vide no blog do Nassif.

    é a quadrilha da pedagogia em ação

    ResponderExcluir
  4. Anônimo11.4.08

    A Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo pode abrir processo para apurar esses procedimentos que contrariam o Código. Isso já foi feito no caso da adulteração de uma foto publicada em março de 2004 pelo jornal Diário de São Paulo. O processo resultou em uma advertência oficial ao editor-chefe, conhecido jornalista que tem como vocação acabar com os cargos de editor de fotografia nas redações por onde passa.

    Por falta de espaço, ficou faltando a íntegra do artigo 12 do Código de Ética:
    Art. 12. O jornalista deve:
    I - ressalvadas as especificidades da assessoria de imprensa, ouvir sempre, antes da divulgação dos fatos, o maior número de pessoas e instituições envolvidas em uma cobertura jornalística, principalmente aquelas que são objeto de acusações não suficientemente demonstradas ou verificadas;
    II - buscar provas que fundamentem as informações de interesse público;
    III - tratar com respeito todas as pessoas mencionadas nas informações que divulgar;
    IV - informar claramente à sociedade quando suas matérias tiverem caráter publicitário ou decorrerem de patrocínios ou promoções;
    V - rejeitar alterações nas imagens captadas que deturpem a realidade, sempre informando ao público o eventual uso de recursos de fotomontagem, edição de imagem, reconstituição de áudio ou quaisquer outras manipulações;

    Por João Rangel Marcelo em:
    http://www.comunique-se.com.br/
    index.asp?p=Conteudo/NewsShow.asp&p2=
    idnot%3d43439%26Editoria%3d8%26Op2%3d1
    %26Op3%3d0%26pid%3d282259%26fnt%3dfntnl
    &rss=on (link quebrado)

    ResponderExcluir
  5. Luiz Carlos13.4.08

    É grande a disputa da grande imprensa, pra ver quem fala mais do caso Isabella. Enquanto isso, vocês ouviram falar dos apagões que aconteceram em São Paulo essa semana? Foram quatro em menos de 48 horas. Primeiro, na quarta (9), ocorreram incêndios em duas subestações de energia, uma em Pirituba da CTEEP e outra em Guarulhos da Bandeirantes Energia, quase ao mesmo tempo e deixaram mais de 1,2 milhão de pessoas no escuro por horas. No outro dia, pela manhã, uma pane em outra subestação, dessa vez no Jaguaré, voltou a deixar outros mais de milhão no escuro por horas e nesse mesmo dia, à tarde, a subestação de Guarulhos voltou a pegar fogo, deixando novamente milhares de pessoas sem luz. Há pouco mais de um mês, ocorreu uma explosão em outra subestação que deixou mais de 2,5 milhões sem luz. Os responsáveis pela empresas, descartaram a possibilidade de sabotagem. Disseram que foi apenas coincidência. O pig, se limita a dar a notícia, como se fosse a coisa mais natural do mundo. A Globo, no SPTV, mostrou um tal de Aderbal de Penteado Jr., diretor-presidente da Arsesp, agência reguladora que fiscaliza as estações de distribuição em São Paulo, que disse: “Os equipamentos são falíveis. Vão ser tomadas medidas para que esses incidentes não ocorram com as mesmas bases, mas certamente a sociedade deve prever que novos incidentes vão ocorrer”. É mole? O presidente do Sindicato dos Eletricitários, diz que o problema é fruto da falta de manutenção preventiva, o que é mais econômico para as empresas. Mas quase ninguém ficou sabendo disso. Também, não se fala em outra coisa a não ser no casa Isabella.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.